Exportações de carne suína sobem 20% em março, diz Abipecs

Agronegócio

Exportações de carne suína sobem 20% em março, diz Abipecs

Com o resultado de março, o primeiro trimestre de 2009 mostra um início de recuperação das perdas registradas
Por:
267 acessos

As exportações de carne suína do Brasil atingiram 51 mil t em março, um aumento de 20% em relação às 42,7 mil t vendidas no mesmo mês do ano passado, informou a Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs) nesta quinta-feira.

Com o resultado de março, o primeiro trimestre de 2009 mostra um início de recuperação das perdas registradas no fim de 2008, segundo a Abipecs. De outubro de 2008 a março de 2009, o Brasil exportou 240,27 mil t, resultado ainda 14% inferior ao alcançado no mesmo período anterior.

"Embora os volumes estejam até mesmo acima das expectativas iniciais, a lucratividade, ou melhor, a falta dela, na exportação é uma constante", afirmou Pedro de Camargo Neto, presidente da Abipecs, num comunicado.

"A queda de preços, de todos os cortes e de carcaça, em todos os mercados, é motivo de grande preocupação. Os esforços para elevar um pouco os preços ainda não produziram os resultados necessários", completou.

Em março, as exportações de carne suína resultaram numa receita de US$ 104,16 milhões, ante US$ 102,25 milhões em março de 2008, um crescimento de 1,86%.

O preço médio em março foi de US$ 2,04 mil a tonelada, ante US$ 2,39 mil em março de 2008, uma queda de 14,64%.

Os principais mercados no primeiro trimestre deste ano foram Rússia, Hong Kong, Angola, Argentina, Cingapura, Albânia, Uruguai e Armênia.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink