Exportações de frutas devem aumentar 5% este ano

Agronegócio

Exportações de frutas devem aumentar 5% este ano

O setor deve fechar o ano com US$ 480 milhões, contra US$ 440 milhões em 2005
Por: -Redação
2 acessos

O setor estima um aumento de 5% no valor exportado de frutas frescas este ano, fechando em US$ 480 milhões, contra US$ 440 milhões em 2005, o volume deve ficar em 830 mil toneladas, o mesmo do ano passado. As principais frutas exportadas que tiveram aumento nos seus embarques foram uva, limão, abacaxi e abacate . Maçã e mamão, frutas tradicionais na pauta de exportação enfrentaram problemas climáticos em 2006, acarretando a redução nas suas vendas externa.

Quanto aos processados da fruta, 2007 promete ser um ano promissor. Para a castanha de caju, o Sindicaju prevê um crescimento de 10% nas exportações, devido a boa safra 2006/2007. O setor de sucos e polpas também está bem otimista para o próximo ano. Para o mercado interno o Instituto Brasileiro de Frutas espera um crescimento de 14% a 15% para os derivados em geral e 20% para a água de coco.

No próximo ano também haverá um aumento da demanda por sucos no mercado externo, segundo Euromonitor - agência de pesquisas do mercado europeu, é esperado um aumento de 8,2% para Ásia e Pacífico; 16,8% para África e Oriente Médio; 14,8% no Leste Europeu, que são os principais mercados emergentes da indústria brasileiras. Para néctares e drinques, Ásia e Pacífico demandarão 38,6% a mais; Oriente Médio, 51%; Leste Europeu, 47,3%; Europa Ocidental, 21,5%; América do Norte, 15,1%; e América Latina 23,3%. As informações são da assessoria de imprensa do Ibraf.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink