Exportações de milho e soja saltam nos EUA
CI
Imagem: Nadia Borges
ESTADOS UNIDOS

Exportações de milho e soja saltam nos EUA

Taiwan comprou 64.900 toneladas, a Coréia do Sul levou 59.500 toneladas, a China comprou 59.300 toneladas
Por: -Leonardo Gottems

As vendas de exportação de soja e milho dispararam para as mínimas do ano comercial na semana encerrada em 12 de maio, segundo dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). As vendas de soja foram relatadas em 752.700 toneladas métricas, acima das 143.700 toneladas da semana anterior, que foi o nível mais baixo desde o ano de comercialização de 2021-2022, iniciado em 1º de setembro, informou a agência em um relatório.

A China comprou 392.600 toneladas, a Holanda comprou 84.600 toneladas, o Egito comprou 58.300 toneladas, Taiwan comprou 55.500 toneladas e Bangladesh comprou 55.000 toneladas. O total teria sido maior, mas um país não identificado cancelou cargas de 110.800 toneladas, disse o governo.

Para o ano de comercialização de 2022-2023, as vendas chegaram a 149.500 toneladas. As exportações da semana saltaram para 957,2 mil toneladas, ante 471,7 mil toneladas na semana anterior. As vendas de milho também aumentaram, subindo para 435.300 toneladas métricas de 192.700 toneladas, que também foi o menor nível desde o início de setembro, disse o USDA.

Taiwan comprou 64.900 toneladas, a Coréia do Sul levou 59.500 toneladas, a China comprou 59.300 toneladas, a Guatemala comprou 49.500 toneladas e o Canadá levou 40.000 toneladas de suprimentos dos EUA. Um destino desconhecido impediu embarques de 24.700 toneladas, a Colômbia cancelou pedidos de 7.300 toneladas e o Japão descartou compras de 6.500 toneladas, disse a agência.

As vendas para entrega no ano 2022-2023 foram relatadas em 588.500 toneladas. As exportações de milho na semana caíram 8%, para 1,38 milhão de toneladas. As vendas de trigo na semana até 12 de maio caíram para 8.500 toneladas métricas, a menor desde o início do ano de comercialização do grão em 1º de junho e uma queda de 82% em relação à média anterior de quatro semanas, disse o USDA.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.