Exportadores de frango vão atrás de novos clientes


Agronegócio

Exportadores de frango vão atrás de novos clientes

Por:
1 acessos

A Abef (Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frango) mantém a previsão de crescimento de 10% nas exportações deste ano, apesar das medidas protecionistas do mercado externo. Pelos cálculos da entidade, o Brasil tem condição de vender no exterior cerca de 1,76 milhão de toneladas de frango neste ano. "Vamos atrás de novos mercados", afirma Cláudio Martins, presidente da Abef. O frango é um dos principais itens da pauta de exportação brasileira.

Em 2002, o país vendeu US$ 1,3 bilhão em carne de frango ao exterior. O Japão foi o principal cliente, seguido da Arábia Saudita, da Rússia e da Alemanha. "O cenário atual nos leva a prever estabilização e até queda nas exportações de frango neste ano", afirma Fábio Silveira, economista da MB Associados. Para ele, as medidas protecionistas da União Européia e as cotas fixadas pela Rússia terão forte impacto nas exportações brasileiras. "Quem vai sair ganhando é o consumidor brasileiro", diz.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink