Exposição da raça Crioula em MT
CI
Agronegócio

Exposição da raça Crioula em MT

Evento ocorre entre os dias 04 e 05 de julho
Por:
 
O município de Campo Verde (139 quilômetros ao sul de Cuiabá), Serpa sede de uma etapa da Morfologia Passaporte da raça Crioula. A primeira exposição realizada no município vai ocorrer no Parque de Exposições Marco Antônio Esteves da Rocha, durante a 15ª edição da exposição e feira agropecuária local, a de Campo Verde (Expoverde). Os vencedores garantem vaga para a grande final do Campeonato Nacional de Morfologia que será realizado em setembro, em Esteio (RS), durante a Expointer.

Conforme a programação, amanhã a partir das 8h, será realizada a admissão morfológica dos eqüinos. No dia 4, também a partir das 8h, será a vez da morfologia incentivo, às 9h, morfologia dos machos e às 10h30, morfologia das fêmeas. E no dia 5, próximo sábado, será a vez do campeonato da raça, a partir das 9h e das 12h em diante, almoço de integração dos criadores com entrega das premiações.

A organização está a cargo do Núcleo Mato-grossense de Criadores de Cavalos Crioulos. O presidente Luiz Fernando Silva Guerreiro informa que as inscrições já contam com pelo menos 60 exemplares da raça Crioula. "Para nós, como primeiro evento realizado, está sendo muito positivo, estamos contentes. A procura por inscrições foi bastante satisfatória", ressalta.

O cenário de crescimento da raça Crioula no Estado também anima Guerreiro. Desde 2010, com a reativação do Núcleo em Mato Grosso, o interesse pelo cavalo Crioulo tem estado em alta. A principal atividade do plantel em território mato-grossense ainda é o laço comprido, mas muitos criadores estão utilizando os animais no dia-a-dia do campo e também apostando na criação para participar de exposições. "A raça Crioula tem crescido bastante. Estamos tendo uma procura por animais e a expansão tem se demonstrado promissora".

Conforme dados da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), o Centro-Oeste foi o maior destaque em aumento dos rebanhos no ano passado com 4,9%, acima da média brasileira que foi de 3,4%.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink