Agricultura familiar

Exposol 2018 ? Emater/RS-Ascar divulga ações em Turismo Rural

Turismo Rural como uma alternativa de lazer para o público visitante e como uma alternativa de renda para famílias agricultoras
Por:
60 acessos

Apresentar o Turismo Rural como uma alternativa de lazer para o público visitante e também como uma alternativa de renda para famílias agricultoras é uma das ações que a Emater/RS-Ascar está realizando na Exposição Feira de Soledade (Exposol), feira que teve início nesta quinta-feira (03/05), no Parque de Exposições Centenário Rui Ortiz, e tem continuidade até o próximo domingo (06/05).

Segundo a extensionista social e chefe do Escritório da Emater/RS-Ascar de Soledade, Juliane Pires da Conceição, na 18ª edição da Exposol a equipe da Instituição está presente em dois espaços: na área externa, com a divulgação do Roteiro Caminhos Preciosos, e no Pavilhão da Agroindústria Familiar. ?Esta é uma ótima oportunidade de apresentar aos visitantes os atrativos do meio rural de Soledade e o empreendedorismo de seus moradores. O Turismo Rural é uma boa alternativa de renda para as famílias, visa agregar valor ao que já existe e valorizar a atividade rural. Há bastante interesse das pessoas por esse tipo de lazer?, frisa Juliane.

O Roteiro Caminhos Preciosos percorre sete empreendimentos do município. No início do percurso, os visitantes são recebidos no Museu da Pedra e Mineralogia Egisto Dal Santo, no Parque de Exposições Centenário Rui Ortiz, onde há, entre outros atrativos, exposição de minerais, gemas e joias e exposição fotográfica. Em seguida, tem início a visitação em cinco propriedades rurais do interior de Soledade. A primeira propriedade é o Sítio Vô Eugênio, na localidade de Rincão dos Lautert, onde são realizados passeios de charrete e cavalo, degustações e cachoeira. O segundo empreendimento é a Agroindústria Sabores do Dia-a-Dia, na localidade Posse Godoy, onde além de conhecer uma agroindústria familiar o público é recepcionado com degustação de salgados e também pode adquirir os produtos. 

A terceira propriedade rural é o Camping do Zecão, na localidade Passo do Diniz. No local é servido um almoço típico com produtos da agricultura familiar cultivados na propriedade, realizados passeios de pônei, rio e cachoeira. O quarto empreendimento é o RV Morangos, em São Sebastião, onde são degustados morangos, sucos e caipirinhas de morango e também ponto de comercialização de geleias, licores e artesanato. A agroindústria O Casarão é o quinto empreendimento a integrar o roteiro. No local, os visitantes são convidados a degustar um café colonial e também é ponto de comercialização de produtos das agroindústrias familiares e o resgate da cultura e culinária alemã. 

Para encerrar o passeio, um empreendimento que faz referência ao título de Capital das Pedras Preciosas que Soledade possui. Na última parada os visitantes conhecem o Shopping das Joias, onde também é possível adquirir joias, bijuterias e artefatos em pedras. Para conhecer o Roteiro Caminhos Precisos os visitantes podem agendar as excursões por meio dos telefones (54) 9 9921-7886 e 9 9180-6335, com Ritieli ou Dióli, respectivamente.

A gerente Regional da Emater/RS-Ascar de Soledade, Lúcia Souza, participou da abertura da Exposol 2018 realizada nesta manhã e destacou o trabalho desenvolvido pela Instituição nos municípios gaúchos. ?A Emater atua no apoio e na orientação da produção com o intuito de melhorar a produtividade e reduzir a penosidade do trabalho dos agricultores, mas também no apoio à diversificação das fontes de renda, contribuindo na melhoria da qualidade de vida das famílias assistidas. E, feiras como a Exposol são uma ótima oportunidade de divulgar nossas ações?, frisou. 

Agroindústria Familiar

Um espaço que tem atraído cada vez mais visitantes é o Pavilhão da Agroindústria Familiar. Na Exposol 2018, o Pavilhão conta com 63 expositores de diferentes municípios do Estado e que disponibilizam aos visitantes da Feira produtos das agroindústrias familiares, como salame, queijos, mel, geleias e licores, bem como floricultura e artesanato. Além dos estandes de comercialização, a Emater/RS-Ascar está presente no local com um Espaço Institucional onde, além do suporte aos expositores, os extensionistas também divulgam o trabalho desenvolvido pela Instituição.

O Pavilhão da Agroindústria Familiar é coordenado pela Emater/RS-Ascar, Secretaria Estadual do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) e Fetag. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink