Agronegócio

Extensionistas são capacitados sobre Plano Safra em Santa Maria

Extensionistas dos 35 municípios participaram de capacitação realizada na sede do Sindicato Rural, sobre o Plano Agrícola e Pecuário 2016/2017 (Plano Safra).
Por:
658 acessos

Na sexta-feira (17/06), extensionistas dos 35 municípios de abrangência da região administrativa de Emater/RS-Ascar de Santa Maria, participaram de capacitação realizada na sede do Sindicato Rural, sobre o Plano Agrícola e Pecuário 2016/2017 (Plano Safra), do Governo Federal, que entrou em vigor no dia primeiro de julho deste ano e se estende até 30 de junho de 2017, destinando R$ 202,88 bilhões de crédito aos produtores rurais brasileiros. 

O treinamento sobre o Plano Safra foi ministrado pelo assistente técnico de organização econômica do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Santa Maria, engenheiro agrônomo Roblein Cristal Coelho Filho. "A atualização abordou as alterações do Plano Safra 2016/2017 divulgadas recentemente pelo Banco Central, procurando qualificar ainda mais os projetos, visto a prioridade que a atividade de crédito rural tem dentro da Emater, hoje vista como mais uma ferramenta de extensão rural", ressaltou o técnico.

Conforme Roblein, os técnicos que atuam junto ao crédito rural precisam manter-se sempre atualizados. "Além de estarem atentos e por dentro das alterações de regras, os extensionistas precisam buscar aproximação com os agentes financeiros, com informações e orientações que possam contribuir numa tomada de decisão mais segura, e reforçando a importância de uma parceria maior para fazer o projeto que o produtor necessita da melhor maneira possível", afirmou o técnico.

Na região de Santa Maria, a meta de realização para este ano é de 2,5 mil projetos de crédito rural. "Para se atingir essa meta há algumas estratégias como a própria aproximação com os agentes financeiros, a divulgação das normas de crédito e de zoneamentos agrícolas em programas de rádio, TV e jornal, a realização de reuniões e eventos específicos sobre crédito rural, usando as oportunidades para falar sobre crédito, trazendo o assunto para a pauta do dia", disse Roblein.

De acordo com Roblein, o objetivo dessa movimentação é fazer com que a Emater/RS-Ascar seja reconhecida também como uma entidade que trabalha com crédito rural. "Queremos ser reconhecidos por trabalhar com crédito rural de maneira qualificada e não crédito pelo crédito, mas fazendo projetos com qualidade e que sejam uma ferramenta da Extensão Rural para outras atividades na propriedade, ajudando o produtor rural a melhorar sua renda e produção", concluiu Roblein.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink