Falta de chuva prejudica lavoura de milho
CI
Imagem: Pixabay
NO MATO GROSSO

Falta de chuva prejudica lavoura de milho

O início da temporada 2021/22 do milho no estado foi caracterizado pelo adiantamento da semeadura do cereal em grande parte do Mato Grosso
Por: -Aline Merladete

O início da temporada 2021/22 do milho no estado foi caracterizado pelo adiantamento da semeadura do cereal em grande parte do Mato Grosso, motivado pela antecipação do plantio e da colheita de soja. Com a finalização da semeadura do cereal no mês de abr.22, a atenção dos produtores se voltam para o seu desenvolvimento, no qual o clima é o principal fator para a sua evolução. E nesse sentido, apesar de o clima ter ajudado no início da semeadura e grande parte das áreas terem sido semeadas dentro da janela ideal (82,74%), as regiões produtoras do estado vem sofrendo com a redução das chuvas desde o mês de abr.22.

De acordo com os dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), modelos climáticos atuais, indicam baixos volumes de chuva para o período de mai.22, que variam de 10 mm a 25 mm na maior parte do estado, salvo o norte mato-grossense, segundo o TempoCampo. Por fim, com a redução nas precipitações, as estimativas de safra 2021/22 foram revisadas, conforme a próxima análise abaixo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.