Famato participa das discussões sobre a estrutura administrativa do PCI

Agronegócio

Famato participa das discussões sobre a estrutura administrativa do PCI

A Famato participou de uma reunião do Comitê Estadual da Estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI), no Palácio Paiaguás.
607 acessos

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) participou nesta segunda-feira (23/08) da reunião do Comitê Estadual da Estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI), no Palácio Paiaguás. As discussões envolveram a estrutura administrativa da Secretaria Executiva do Comitê, aprovação do regimento interno e inclusão de novos membros.
 
Na ausência do secretário de Estado de Planejamento, Gustavo de Oliveira, a reunião foi conduzida pelo secretário Suelme Fernandes, da Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf).
 
De acordo com Fernandes, o Gabinete de Assuntos Estratégico (GAE) continua responsável pela coordenação geral da estratégia do grupo, enquanto os eixos temáticos Produzir, Conservar e Incluir estão sob a coordenação da Sedec, Sema e Seaf.
 
Em esclarecimentos aos membros do comitê, composto por instituições do setor produtivo, empresas privadas, sociedade civil organizada, Ministério Público Estadual, o secretário garantiu que a reforma administrativa do governo não vai interferir no andamento do PCI.
 
Durante o encontro representantes dos eixos questionaram o andamento do programa e propuseram que as demandas trazidas pelas instituições sejam incorporadas ao PCI , discutidas e colocadas sob avaliação dos membros do comitê. “A Estratégia do PCI tem dado visibilidade ao que Mato Grosso tem feito em relação à produção com sustentabilidade. O fato do estado ser o maior produtor do Brasil de soja, milho 2ª safra, algodão e pecuária de corte e ainda preservar mais de 60% da vegetação em sua forma original, é um grande exemplo de produção responsável. E a estratégia pode beneficiar os envolvidos na produção de alimentos e criar novas oportunidades aos produtores”, pontuou o diretor Administrativo e Financeiro da Famato, Nelson Picolli.
 
Cinco currículos foram avaliados pelo Comitê gestor para ocupar o cargo de diretor executivo do programa, entre eles profissionais das áreas de engenharia agrônoma, biologia, administração e geografia humana. O engenheiro agrônomo, Fernando Mesquita Sampaio foi eleito com cinco votos. A decisão veio logo após uma reunião de consenso de cada bloco individualmente.
 
A Famato, entidade de classe que representa 90 Sindicatos Rurais de Mato Grosso, completou 50 anos no dia 16 de dezembro de 2015. Ao longo dessas cinco décadas levantou diversas bandeiras em prol do produtor. Lidera o Sistema Famato, composto pela Famato, Sindicatos Rurais, Senar-MT e o Imea. Essa trajetória é celebrada graças ao trabalho dos produtores rurais e dos colaboradores. Acompanhem nossas redes sociais pelo www.facebook.com/sistemafamato e @sistemafamato (instagram e twitter) #Famato50anos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink