Famato presente nas discussões sobre estratégias de desenvolvimento sustentável

Agronegócio

Famato presente nas discussões sobre estratégias de desenvolvimento sustentável

A Famato participou na terça-feira (31/05) de uma reunião no Palácio Paiaguás, com membros do Consumer Goods Forum (Fórum de Bens de Consumo).
552 acessos

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) participou na terça-feira (31/05) de uma reunião no Palácio Paiaguás, com membros do Consumer Goods Forum (Fórum de Bens de Consumo). Durante o evento, o governador Pedro Taques e o diretor de Programas da Sustainable Trade Initiative (IDH) Ted van der Put assinaram o protocolo de intenções que estabelece a parceria entre o estado de Mato Grosso e o trade, com objetivo de apoiar o desenvolvimento sustentável do estado por meio da implementação da estratégia PCI.  
 
Pela primeira vez em Mato Grosso o evento abordou as propostas apresentadas pelo governo do estado em dezembro de 2015 na 21ª Conferência Global do Clima (COP 21), realizada em Paris, na França. Entre as propostas estão o desenvolvimento sustentável, por meio da implementação da estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI).
 
Na COP 21 o estado de Mato Grosso se comprometeu em reduzir a zero o desmatamento ilegal até o ano de 2020 e também em realizar ações para conter o aquecimento global. Após a participação no evento, o mercado internacional tem demonstrado interesse no comércio sustentável do estado.
 
De acordo com Ted van der Put, o PCI é um ótimo plano, ainda mais com o apoio do governo. O PCI é recebido pelo Comitê Internacional como passo arrojado na direção certa."Hoje é o início de uma estrutura que faz com que esse plano possa se tornar realidade. E nós acreditamos que para fazer isso acontecer é preciso a determinação de todos os envolvidos. Esse evento é fundamental para esse tipo de diálogo pautado em confiança e comunicação. Não podemos esquecer que tudo que foi dito aqui não vai acontecer da noite para o dia", disse Put.
 
Put afirmou que a IDH busca produtos de origem responsável que podem ampliar a produção e a conservação em áreas críticas de abastecimento em todo o mundo e Mato Grosso é um estado rico em sustentabilidade, em preservação ambiental e tem um grande potencial para produzir mais desmatando menos.
 
Conforme o gestor do Núcleo Técnico da Famato Guto Zanata, atrair investimentos internacionais, principalmente ligando os mercados de commodities abastecidos por Mato Grosso será de grande importância para a economia do estado e do país."Essa parceria vai cooperar para o desenvolvimento sustentável do estado. Os grandes desafios da estratégia PCI são os custos das ações propostas e o grau de dificuldade da aplicação dessas ações. Por isso é importante a participação de todos os envolvidos de forma equilibrada, para que a estratégia alcance seus objetivos sem penalizar nenhum setor", disse Zanata. 
 
Para o secretário do Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE), Gustavo de Oliveira, coordenador geral da estratégia PCI, a parceria assinada entre o governo de Mato Grosso e a IDH garante investimentos internacionais para o plano.
 
O representante da Famato Ricardo Arioli destacou a participação do setor produtivo por meio de programas de melhoria contínua para o desenvolvimento sustentável de Mato Grosso como os programas Soja Plus e o Pecuária Plus (Pec Plus).
 
O governador Pedro Taques explicou que o Comitê Estadual da Estratégia PCI foi instituído em março deste ano para acompanhar o cumprimento das metas apresentadas na COP 21.
 
Segundo Taques, a proposta foi a de estabelecer um sistema de governança que busca a expansão e o aumento da eficiência da produção agropecuária e florestal de Mato Grosso, aliada à conservação da vegetação nativa e recomposição dos passivos ambientais, com a inclusão socioeconômica da agricultura familiar e de populações tradicionais.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink