Famato sedia seminário para disseminar agricultura de baixo carbono

Agronegócio

Famato sedia seminário para disseminar agricultura de baixo carbono

Encontro pretende estimular práticas que aliem produção de alimentos e bionergia e redução dos gases de efeito estufa
Por: -Janice
1328 acessos
No próximo dia 14 de junho, o Sistema Famato (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso) sedia o Seminário Estadual de Sensibilização e Difusão do Plano ABC (Agricultura de Emissão de Baixo Carbono), instituído no ano passado pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). O encontro, organizado pelo Grupo Gestor Estadual, pretende estimular práticas que aliem produção de alimentos e bionergia e redução dos gases de efeito estufa. As metas e resultados estão previstos até 2020.

Durante o Seminário serão realizadas palestras sobre o conceito do programa, as mudanças climáticas e seu impacto na agropecuária, em especial em Mato Grosso. Outros seis eixos básicos serão abordados: Recuperação de Pastagens Degradadas, Integração Lavoura Pecuária Silvicultura, Plantio Direto, Fixação Biológica de Nitrogênio e Florestas Plantadas e a linha de crédito do Programa ABC com a participação das instituições financeiras que repassarão os recursos financeiros.

As ações do ABC estão inseridas no Plano Agrícola e Pecuário 2010/2011 que prevê a aplicação de R$ 2 bilhões, com balanço positivo entre sequestro e emissão de carbono (CO2). Estão garantidos recursos a agricultores e cooperativas, com limite de financiamento de R$ 1 milhão por beneficiário. O crédito será financiado com taxa de juros de 5,5% ao ano e prazo para pagamento de até 12 anos.

O presidente do Sistema Famato, Rui Prado, disse que o setor produtivo brasileiro tem se empenhado em desenvolver programas que estimulem a redução de emissão de CO2. Nesta quarta-feira (8) a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) lança uma Política de Governança para uma Agropecuária de Baixo Carbono (PABC) e de um Fundo de Apoio à Produção do Conhecimento Científico (FACC). Da mesma forma o Sistema Famato/Senar promove no dia 17 um “dia de campo” voltado à pecuária que mostrará na prática como produzir mais em um mesmo hectar. “Em Mato Grosso muito destes processos são utilizados, como o plantio direto na palha, integração lavoura-pecuária-floresta, plantio de florestas, entre outros. Estamos diariamente em busca de novas tecnologias que permitam produzir em harmonia com o meio ambiente”.

O diretor executivo do Sistema Famato, Seneri Paludo, será palestrante no evento com o tema “Agricultura de Baixa Emissão de Carbono: A Visão de Mato Grosso”. Ele explica que “por conta do aumento da população mundial, a demanda por alimentos também crescerá a cada dia. Como os consumidores buscam alimentos produzidos de forma sustentável, isto exige dos agricultores a adoção de processos tecnológicos que neutralizem ou minimizem os efeitos dos gases de efeito estufa”.

Entre as boas práticas agrícolas estão ainda a recuperação de pastagens degradadas, fixação biológica de nitrogênio que permite a redução do custo de produção e melhoria da fertilidade do solo, e tratamento de resíduos animais para a produção de energia (gás) e de composto orgânico. Todas essas ações para conter o lançamento de CO2 na atmosfera geram a possibilidade de certificados “verdes” de redução de emissão de gases, emitidos por mercados compradores.

A Famato é a entidade que reúne e representa os sindicatos rurais de todo o Estado. Sua estrutura administrativa também inclui o Imea (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária) e o Senar-MT. Esse conjunto de entidades forma o Sistema Famato.
 
Serviço:

O QUE: Seminário Estadual de Sensibilização e Difusão do programa ABC (Agricultura de Baixo Carbono)
QUANDO: 14 de junho, das 8h30 às 17h30
ONDE: Auditório da Famato

As informações são da assessoria de imprensa da Famato.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink