FAO pede ao Vietnã que declare peste suína como emergência nacional

Peste suína

FAO pede ao Vietnã que declare peste suína como emergência nacional

Vírus foi detectado pela primeira vez no país do sudeste asiático há três meses
Por:
34 acessos

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês) aconselhou nesta terça-feira que o Vietnã declare uma epidemia de peste suína africana em rápida expansão como uma emergência nacional.

O vírus foi detectado pela primeira vez no país do sudeste asiático há três meses, em três fazendas de duas províncias do norte, espalhando-se para 17 províncias do norte do país, com 239 surtos confirmados, informou a FAO em um comunicado.

A carne suína representa três quartos do consumo total de carne no Vietnã, um país de 95 milhões de pessoas onde a maioria dos 30 milhões de porcos criados em fazendas é consumida internamente.

“A perda de porcos devido a infecções por peste suína africana e medidas de controle leva a um pesado ônus econômico para muitas famílias rurais”, disse Albert T. Lieberg, representante da FAO no Vietnã, após reuniões na semana passada com autoridades vietnamitas.

O Vietnã tem implementado um rígido controle de movimentação de suínos e produtos suínos, já tendo abatido mais de 25.000 animais. Mas a FAO disse que pequenas fazendas com baixa biossegurança permitem a disseminação da peste.

A doença, que é incurável em porcos, mas inofensiva aos seres humanos, também se espalhou rapidamente pela vizinha China. Na semana passada, Pequim proibiu a importação de suínos, javalis e produtos relacionados do Vietnã.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink