Feijão chega a R$ 260/saca em São Paulo
CI
Imagem: Pixabay
AGORA VAI?

Feijão chega a R$ 260/saca em São Paulo

Para produtores, alguns especuladores e compradores, pode ser o início de uma retomada
Por: -Leonardo Gottems

Ainda foi muito tênue a busca por novas ofertas no mercado de Feijão-carioca, aponta o Ibrafe (Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses). “Nesta segunda-feira, apesar de haver demanda maior do que uma semana atrás, ainda assim vários produtores preferiram continuar aguardando para uma possível reação dos preços. Ontem foram registrados negócios no estado de São Paulo entre R$ 250 e R$ 260 por saca de 60 quilos”, aponta a entidade, de maior representatividade do setor no País. 

De acordo com o Ibrafe, é claro que ainda é muito cedo para se comemorar a reação dos preços, mas, no entendimento dos produtores, alguns especuladores e dos compradores, pode ser o início de uma retomada dos negócios em um patamar considerado mais equilibrado para o atual volume disponível de produto. Preços abaixo de R$ 250 nas lavouras fizeram desaparecer as ofertas nos últimos 20 dias. 

“Por menos que se venda, o início do mês certamente é um período com maior demanda. O Feijão-preto segue ao redor de R$ 260/280, com pouquíssimos negócios nos últimos dias. O Feijão-caupi continua com escassas ofertas ao ponto de alguns operadores e compradores terem perdido a referência nos últimos dias pela falta de oferta”, aponta a entidade presidida por Marcelo Eduardo Lüders.

Empacotadores mudam estratégia

Ainda de acordo com o Ibrafe, enquanto alguns “reclamam do mercado parado, outros vão comprando e vendendo e, na medida que isso acontece, alguns empacotadores estão com posições tomadas para o início do próximo mês. Assim como o produtor, que quando está subindo escalona as vendas e vai fazendo preço médio, os empacotadores também, neste momento, com os preços praticados ao longo dessa semana, vários deles silenciosamente foram tomando posição e fazendo preço médio enquanto os preços cediam”.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink