Feijão permanece em queda

Agronegócio

Feijão permanece em queda

Por:
206 acessos

Os preços na bolsinha de São Paulo iniciaram a semana da mesma forma que terminaram a semana anterior: enfraquecidos. Apesar de uma oferta relativamente alta, 1.920 toneladas e da alta porcentagem de comercialização, 31,25%, o mercado de compradores continua sendo classificado como calmo.

Os preços que mais retraíram na segunda-feira (3) formam os tipos menos nobres. Destacam-se os feijão Tipo Semi-Novo, que desvalorizou 8,8%, encerrando a madrugada cotado US$ 62,00. O feijão Tipo Extra variou entre R$ 85 e R$ 87. Em Goiânia, o preço médio do feijão, à vista, fechou em R$ 79,50, uma queda de 8,6% em relação à semana passada.

Veja neste link a tabela de dados (http://www.faeg.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3237&Itemid=112 )

A análise de mercado de feijão é realizada diariamente pela Gerência de Estudos Técnicos e Econômicos da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG).

Gerente de Estudos Técnicos e Econômicos: Edson Alves Novaes
Responsável técnico: Leonardo de Oliveira Machado


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink