Feira da Agricultura Familiar terá produtos de milhares de famílias

Agronegócio

Feira da Agricultura Familiar terá produtos de milhares de famílias

Serão 166 bancas, representativas de 236 empreendimentos e de 6.652 famílias
Por: -Janice
133 acessos

A famosa rapadura de Santo Antônio da Patrulha, o internacional artesanato em palha de milho de Cotiporã, e produtos diferenciados como cachaça de batata inglesa e queijo parmesão maturado no vinho. Estes são alguns dos produtos que poderão ser encontrados na Feira da Agricultura Familiar na Expointer 2009, que acontece de 29 de agosto a 6 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

Criada para proporcionar a venda direta dos produtos da agricultura familiar, a feira chega à 11ª edição. Neste ano, a diversidade de produtos oferecidos será maior, pois o número de famílias envolvidas é recorde. Serão 166 bancas, representativas de 236 empreendimentos e de 6.652 famílias. No ano passado, foram 167 bancas, com 246 empreendimentos e 1.050 famílias, de 97 municípios. Segundo o assistente técnico estadual de agroindústria, Renato Cougo dos Santos, esse crescimento se deve à participação maior de cooperativas com grande número de associados. A cada ano, pelo menos 5% dos participantes são renovados.

A Feira da Agricultura Familiar é promovida pela Emater/RS-Ascar, Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio, MDA e, tendo como co-promotores, Fetag/RS, Fetraf-Sul, Coceargs e Guay.

Vendas

Em 2008, a venda na Feira da Agricultura Familiar atingiu R$ 770.019,00, indicando um crescimento significativo em relação a 2007, quando foram comercializados R$ 591.172,00. “Hoje as feiras (Expointer e outras) representam boa parte da comercialização dos empreendimentos rurais. Muitos ficam 2 a 3 meses trabalhando para produzir para a Expointer, que gera um volume de comercialização grande, além de oportunidades para negócios futuros”, destaca Renato. De acordo com ele, no ano passado, a comercialização dos agricultores gaúchos nas feiras de âmbito regional, estadual e nacional gerou aproximadamente R$ 5 milhões em venda direta.

Qualificação profissional

Diversos produtores que participam da Feira da Agricultura Familiar na Expointer já fizeram um curso de qualificação profissional em um dos dez Centros de Treinamento administrados pela Emater/RS-Ascar no Estado. Os Centros disponibilizam em torno de 40 cursos, com diferentes temas e conteúdos. “Os cursos buscam agregar valor à produção, promover o desenvolvimento social, econômico e ambiental, inserir os produtores no mercado e capacitá-los para a gestão da propriedade e o uso de práticas eficientes”, explica a coordenadora da área de qualificação profissional da Emater/RS-Ascar, Marli Bühler.

Durante a Expointer, nas unidades didáticas, junto ao pavilhão da agricultura familiar, o público poderá conferir as demonstrações de artesanato em lã ovina (CETAT – Tupanciretã), as oficinas de panificação (CETRE – Erechim) e piscicultura: filetagem de peixes e preparo de patês (CETAM – Montenegro) e as dicas de preparo de doces e conservas (CETAM – Montenegro), nos turnos da manhã e da tarde. “Serão demonstrações rápidas, didáticas e dinâmicas apresentadas pelos instrutores dos Centros, seguidas da degustação dos produtos preparados”, esclarece Marli. No local também haverá exposição de produtos elaborados em todos os Centros de Treinamento, como artesanato, panificados, plantas medicinais, conservas e laticínios.

A qualificação profissional faz parte da Frente Programática Assistência Técnica e Extensão Rural e do Programa de Qualificação Profissional de Agricultores desenvolvido pela Emater/RS-Ascar, através de convênio com a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio (Seappa) e parcerias com entidades públicas e privadas.

Data das demonstrações e oficinas

30/08, 04, 05 e 06/09 – Artesanato em lã ovina
30 e 31/08 e 1º/09 – Panificação
02/09 - Dicas do preparo de geléias, schmiers e conservas
03/09 – Dicas do preparo de gelérias, schimiers e conservas e divulgação do trabalho do queijo artesanal serrano (às 16h)
04 a 06/09 – Piscicultura: filetagem de peixes e preparo de patês
Horários
As demonstrações de artesanato em lã ocorrerão durante todo o dia
As oficinas acontecerão pela manhã (às 10h30min) e à tarde (às 14h30min e 16h)

As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional Caxias do Sul.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink