Ferrugem asiática atinge mais de 500 municípios brasileiros

Agronegócio

Ferrugem asiática atinge mais de 500 municípios brasileiros

O Sistema de Alerta da Embrapa detectou a presença da doença em 13 unidades da federação que abrange o eixo de produção
Por:
3 acessos

O Sistema de Alerta da Embrapa, de Londrina (PR), administrado com informações repassadas pelo Consórcio Anti-Ferrugem e atualizado diariamente (dados relativos a 23 de março) detectou a presença da doença na safra 2004/05 em lavouras de 502 municípios das 13 unidades da federação que formam o eixo da produção nacional de soja.

Com 237 municípios atingidos pela doença, o Paraná lidera o incômodo ranking nacional da ferrugem asiática, que também foi detectada em 32 municípios de Mato Grosso, 30 de Mato Grosso do Sul, 48 no Rio Grande do Sul, 43 em Goiás, oito na Bahia, três no Maranhão, sete em Tocantins, 35 em Santa Catarina, 37 em São Paulo, 20 em Minas Gerais, no Distrito Federal e em Vilhena (RO).

Em Mato Grosso a ferrugem asiática foi detectada em 32 dos 141 municípios e somente não atingiu a faixa de fronteira com a Bolívia, na região Oeste, onde seu cultivo é incipiente, a exceção de Comodoro. Suas infestações foram anotadas nas seguintes regiões:

- VALE DO ARAGUAIA: Água Boa, Barra do Garças e Canarana

- SUL: Alto Garças, Alto Taquari, Dom Aquino, Itiquira, Guiratinga, Jaciara, Juscimeira, Pedra Preta e Rondonópolis

- CENTRO-SUL: Campo Verde, Poxoréo, Primavera do Leste e Santo Antônio do Leste

- CHAPADÃO DO PARECIS: Brasnorte, Campo Novo do Parecis, Campos de Júlio, Diamantino, São José do Rio Claro, Sapezal e Tangará da Serra

- MÉDIO-NORTE: Cláudia, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Santa Carmem, Sinop, Sorriso (o principal município agrícola do Brasil e maior produtor nacional de soja), Tapurah e Vera

- NORTÃO: Novo Horizonte do Norte


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink