Ferrugem asiática é confirmada na Bahia

Agronegócio

Ferrugem asiática é confirmada na Bahia

Por:
1 acessos

O Consórcio Anti-Ferrugem, coordenado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, acaba de confirmar a presença da ferrugem asiática da soja em lavoura comercial de Luís Eduardo Magalhães (BA).

Com isso, chega a 13 os estados brasileiros (MT, PR, RS, MA, GO, MS, MG, SP, SC, DF, TO, RO e BA) onde há a presença do fungo causador da doença. O número de municípios com ferrugem asiática no Brasil também sobe para 493.

A doença foi identificada na Bahia, por intermédio de amostras de soja que encontravam-se no final da floração (tecnicamente conhecidos por estádios R2 e R3), pelo Centro de Diagnóstico de Ferrugem/SOS Soja (Bayer) e confirmada pela Fundação Bahia, credenciada ao Consórcio.

A tendência é que a ocorrência da ferrugem asiática comece a aumentar nas lavouras,

em função das chuvas freqüentes, nessa época do ano, na maioria das regiões brasileiras. No entanto, os produtores parecem mais atentos para o controle da ferrugem nesta safra, em função do conhecimento adquirido sobre a doença nos anos anteriores.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink