Fetraf-Sul/CUT influencia decisão do governo federal sobre transgênicos


Agronegócio

Fetraf-Sul/CUT influencia decisão do governo federal sobre transgênicos

Por:
2 acessos

A “Carta de Passo Fundo”, documento elaborado pelas organizações dos agricultores familiares do Sul do Brasil, na última quarta-feira (05/03), após plenária promovida pela Fetraf-Sul/CUT para definir posição sobre o caso da soja transgênica plantada no Rio Grande do Sul, foi decisiva na reunião ministerial que resultou na ação do governo federal sobre a polêmica.

O documento chegou às mãos do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, pouco antes da reunião e influenciou na tomada de decisão institucional sobre os transgênicos no Brasil.

O governo federal, divulgou nota que reforça sua posição contrária aos transgênicos (permanece a proibição) e que reclama da omissão na fiscalização do governo anterior, responsável por deixar a situação chegar ao ponto em que chegou, ou seja, uma plantação que se configura em infração à legislação brasileira. A nota diz que a situação, agora, exige a busca do que o governo define como “solução jurídica” para resolver o problema emergencial — econômico e social — que foi criado.

Para o coordenador-geral da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul (Fetraf-Sul/CUT), Altemir Tortelli, “a Federação é claramente contrária aos transgênicos, porque o Brasil não precisa de organismos geneticamente modificados. Precisa, sim, que o governo invista de fato na agricultura familiar para a produção de alimentos saudáveis, sem riscos à vida humana e que alimentem o povo brasileiro. O investimento na agricultura familiar é um investimento na sustentabilidade dos sistemas produtivos e uma forma de evitar, também, a discrepância maior do modelo de desenvolvimento empregado no país até agora: o flagelo da fome entre quem se dedica a plantar alimentos”. A Fetraf-Sul/CUT irá desencadear uma campanha junto aos agricultores familiares do Sul do Brasil para esclarecer a sociedade em geral acerca dos prejuízos econômicos e sociais causados pelos transgênicos – alimentos geneticamente modificados.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink