Fila de um ano para bens agrícolas com a riqueza do campo

Agronegócio

Fila de um ano para bens agrícolas com a riqueza do campo

Produtores rurais brasileiros obtiveram maior rentabilidade com a venda de seus produtos
Por:
2035 acessos
São Paulo - Com a alta dos preços das commodities, os produtores rurais brasileiros obtiveram maior rentabilidade com a venda de seus produtos e estão indo às compras. O resultado são filas de espera de até um ano para a entrega de máquinas agrícolas. Também os setores de defensivos, sementes e fertilizantes estão apresentando crescimento de procura e projetam altas nas vendas de até 15 % em comparação com 2010.

Segundo estudo da Universidade Federal de Lavras (MG), a renda do produtor rural aumentou 26% entre março de 2010 e o mesmo mês deste ano. Com isto a expectativa do setor de maquinários e implementos é de crescimento de 15% das vendas, fato este que já gera filas superiores a um ano para a entrega. Já os setores de fertilizantes, defensivos e sementes prevêem incremento em suas comercializações de até 10%.

Para a Associação Nacional para a Difusão de Adubos (Anda), a partir das projeções elaboradas pela RC Consultores, estima-se um aumento de 6% da venda de fertilizantes sobre 2010, com o que as vendas passarão de 24,5 milhões de toneladas no ano passado para 26 milhões este ano. Na área de defensivos agrícolas a expectativa de ampliação de vendas é de 10%.

Já a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) prevê que o segmento deve crescer 15% este ano. A empresa John Deere, líder mundial em máquinas, por exemplo, projeta um crescimento de mais de 15%.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink