MENOS MERCADO

Fim do Nafta seria caro para agricultura americana

Americanos podem perder seu maior mercado de grãos, carnes e lácteos, o México
Por: -Leonardo Gottems
325 acessos

Um colapso do Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), o qual o presidente americano Donald Trump ameaça termina, poderia criar uma profunda disruptura de produtores de grãos, carnes e lácteos que tem seus produtos finais vendidos a Canadá e México.

Blake Erwin, um produtor de terceira geração que cria gado, milho e soja em Dixon, Nebraska, afirmou não está acompanhando de perto as negociações, mas espera que o resultado seja um apoio aos produtores dos Estados Unidos que estão sofrendo com preços baixos de commodities, maiores custos para medicar-se e altos impostos de propriedade.

“Um acordo tem que ser justo com os Estados Unidos, mas também queremos que as exportações sigam indo ao produtor. Não devemos mexer no que está funcionando”, afirmou Erwin, de 34 anos.

O produtor conversou no final de semana com a Reuters no momento enquanto negociadores dos Estados Unidos, Canadá e México se encontraram em Montreal para renegociar o pacto firmado em 1994. Os produtores e exportadores dos Estados Unidos estão lutando para preservar as exportações, ao passo que o Canadá buscando novos mercados. Ambos enfrentam as relações tensas entre Estados Unidos e México, um grande comprador de milho, trigo, carne bovina, porco e lácteos americanos.

“Os Estados Unidos estão se comportando tão mal que vão criar oportunidades para a agricultura canadense”, disse o economista da Universidade Estadual de Iowa Dermot Hayes durante uma visita a Winnipeg.

Os Estados Unidos permanecem dominando de longe o mercado de alimentos mexicano. Mas os fluxos de comércio já mudaram. O México importou 583 mil toneladas de milho do Brasil em 2017, um salto de 980% em relação ao ano anterior.

 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink