Financiamento para estocar leite e couro
CI
Agronegócio

Financiamento para estocar leite e couro

Por:

O Conselho Monetário Nacional (CMN) vota hoje Empréstimos do Governo Federal (EGFs) para couro e leite, além de definir o preço mínimo de produtos regionais. A estocagem de couro e leite era esperada pela cadeia dos dois produtos.

Desde que o setor de leite amargou preços baixos, a partir do segundo semestre de 2001, os produtores pedem sua inserção na Política de Garantia de Preços Mínimos. Com este valor estabelecido, pode-se fazer a estocagem por 180 dias.

Outro produto que poderá ser estocado é o couro, desde que a indústria pague um diferencial pelo produto de melhor qualidade. A proposta é que o gado sem defeito no couro seja classificado como tipo 1 e o pecuarista receba R$ 13, além do valor da arroba. Para o tipo 2 seria pago R$ 10 e para o tipo 3, R$ 6.

O financiamento da armazenagem de couros terá juros de 8,75% ao ano, com prazo de armazenagem de 90 dias para o couro "wet blue" e 180 dias para o semi-acabado e o acabado. A estimativa é que o governo libere verba suficiente para estocar 25% da produção nacional, estimada em 35 milhões de couros.

Neila Baldi


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.