FIP Paisagens Rurais inaugura Vitrine Tecnológica em Campina Verde (MG)
CI
Imagem: Divulgação
AGRICULTURA

FIP Paisagens Rurais inaugura Vitrine Tecnológica em Campina Verde (MG)

No espaço, produtores poderão ver o desde o plantio até a colheita de forrageiras
Por:

Pecuaristas atendidos pelo Programa FIP Paisagens Rurais ganharam mais um espaço para aprimorar seus conhecimentos. A equipe do programa implantou uma Vitrine Tecnológica no Parque de Exposições do Sindicato dos Produtores Rurais de Campina Verde, no Triângulo Mineiro.

O coordenador do programa em Minas Gerais, o analista técnico Ricardo Tuller, explicou que o objetivo do espaço é apresentar aos produtores novas alternativas de alimentos para o trato dos bovinos. A vitrine foi feita em parceria entre o Sistema FAEMG/SENAR/INAES, o Sindicato e a empresa Matsuda, que implantará uma parte das 18 parcelas do campo.

“Nossa vitrine terá 18 espécies de plantas aptas para alimentação do gado. Entre elas, palma forrageira, capins capiaçú e curumim, milho, sorgo, milheto e outros 12 tipos de capim”, detalhou Tuller. A partir do segundo semestre haverá visitação nas unidades demonstrativas e, até lá, o espaço será utilizado para difusão de tecnologia e informação. A área também estará disponível ao produtor para acompanhar o desenvolvimento de todas as espécies plantadas, os tratos culturais, manejo de irrigação e adubação empregados, acrescentou Ricardo Tuller.

Para o presidente do Sindicato de Campina Verde, Uander Felisbino Leonel, a vitrine é importante para permitir aos produtores terem mudas de um volumoso de qualidade e de baixo custo para suas vacas na época da seca. Ainda, será uma oportunidade de estreitar laços: “o produtor poderá frequentar mais o Sindicato e ver o nosso trabalho. É a oportunidade de apoiar os produtores e ajudá-los a desenvolver mais Campina Verde e região”.

Estratégia para interação

Para o gerente regional do Sistema FAEMG/SENAR/INAES em Uberaba, Caio Oliveira, a implantação das vitrines tecnológicas na região do Triângulo Mineiro é uma ação estratégica, pois permite a obtenção espaços voltados ao desenvolvimento dos trabalhos de campo, geração de informação e conhecimento voltados ao produtor rural.

"Nosso objetivo é proporcionar novas alternativas de manejo alimentar para bovinos de corte e leite, além da possibilidade de interação e troca de experiências entre técnicos de campo e produtores rurais. Temos uma meta de atender 1.780 produtores da bovinocultura de corte e leite e nossa missão é trazer novas tecnologias que sejam simples e de baixo custo”, afirma Caio.

FIP Paisagens Rurais

A iniciativa do projeto é do Banco Mundial, coordenada pelo Serviço Florestal Brasileiro e pelo Ministério da Agricultura. Tem como parceiros a Agência de Cooperação Técnica Alemã - GIZ, o SENAR, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), por meio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e a Embrapa. Em Minas Gerais, o FIP atende 1020 produtores rurais, divididos em 34 grupos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.