Fiscais agropecuários do Mapa iniciam paralisação

Agronegócio

Fiscais agropecuários do Mapa iniciam paralisação

Eles querem o cumprimento de um acordo firmado com o governo em 2005
Por:
5 acessos

Os fiscais federais agropecuários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) começaram nesta segunda-feira (18-06) uma paralisação de cinco dias. Eles querem o cumprimento de um acordo firmado com o governo em 2005, que previa a criação da Escola Nacional dos Fiscais e a reestruturação do plano de carreira.

Segundo a assessoria Associação Nacional dos Fiscais Federais agropecuários, apenas 30% dos servidores vão trabalhar até sexta-feira (22-06). A paralisação deve atrasar o embarque e o desembarque de produtos perecíveis, o que pode causar prejuízos a exportadores. Se as reivindicações não forem atendidas, os fiscais ameaçam entrar em greve por tempo indeterminado.

Esta é a sexta categoria de servidores públicos federais a entrar de greve desde maio. Os servidores da Cultura, do Instituto Brasileiro o Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus) também estão em greve por melhores condições de trabalho.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink