FMC lança defensivo agrícola e projeta faturar US$ 500 milhões

Agronegócio

FMC lança defensivo agrícola e projeta faturar US$ 500 milhões

O Mustang deverá render US$ 10 milhões em vendas nos próximos três anos
Por:
20 acessos

DCI - Lançado oficialmente no mercado nacional, após três anos de estudo, o Mustang, novo inseticida da FMC Agricultural Products, deverá render aos cofres da multinacional norte-americana US$ 10 milhões em vendas nos próximos três anos. Esta é uma expectativa do gerente de inseticidas e de Marketing da FMC, Renato Nivoloni.

O novo produto poderá ser utilizado em 14 culturas, como milho, soja, trigo, café, arroz, entre outros. A ação de choque atua no controle de 22 pragas. “O mercado de agronegócios do Brasil está crescendo e queremos acompanhar a demanda oferecendo produtos diferenciados e que nos possibilite acessar novos mercados”, diz Nivoloni.

Para o gerente, o diferencial do produto está na versatilidade, custo-benefício em relação aos produtos disponíveis no mercado e eficácia de combate às principais pragas que comprometem as plantações dessas culturas. “O Mustang chega para ampliar ainda mais a participação da empresa no segmento de defensivos agrícolas”, conta. Com as previsões de ampliar mercado no país, a companhia prevê crescer 10% em negócios este ano no Brasil ante os US$ 256 milhões de faturamento no ano passado. “Para os próximos três ou quatro anos, nossa expectativa é de chegar ao faturamento de US$ 500 milhões por conta dos novos mercados”, constata o porta-voz.

O Mustang foi desenvolvido na sede da companhia que fica no Estado da Filadélfia, Estados Unidos. A FMC comercializa no país herbicidas, fungicidas e inseticidas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink