Formas alternativas de manejo é um dos temas debatidos em evento de café

DEBATE

Formas alternativas de manejo é um dos temas debatidos em evento de café

Pragas podem reduzir a produtividade de 10 a 30%, além de transmitirem doenças e prejudicarem a qualidade do produto
Por:
96 acessos

Entre a extensa programação voltada para os produtores de café, este segundo dia de Semana Internacional do Café contou com um debate sobre “Formas alternativas de manejo: O que se fala hoje?”, moderado por Niwton Moraes, da SEAPA Minas Gerais.

A ocasião também contou com a presença de Douglas Guelfi Silva, da Universidade Federal de Lavras (Ufla), que falou sobre adubação líquida, e de Marcelo Coutinho Picanço, da Universidade Federal de Viçosa (UFV), que abordou o tema controle biológico.

Marcelo explicou que as pragas podem reduzir a produtividade de 10 a 30%, além de transmitirem doenças e prejudicarem a qualidade do produto. Três das principais pragas existentes nas lavouras atualmente é a broca-do-café, o bicho mineiro e os sugadores (cigarras, cochonilhas e ácaros), dependendo, principalmente, do clima de cada região.

“Temos que investir mais em qualidade”, disse. No debate, Marcelo destacou a importância do controle biológico natural nas lavouras e alguns pontos que os produtores precisam se atentar sobre o tema: manutenção de plantas floríferas, manutenção da vegetação nativa, seletividade de inseticidas, evitar o uso excessivo de fungicidas, uso de sistema de tomada de decisão, uso de óleo como adjuvante e horário de aplicação.

Com extensa programação destinada tanto para o produtor, quanto para o consumidor final da bebida, a Semana Internacional acontece até amanhã, 22 de novembro, no Expominas, em Belo Horizonte (MG).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink