Fórum nacional vai debater resultados e experiências da Assistência Técnica e Gerencial do SENAR

Agronegócio

Fórum nacional vai debater resultados e experiências da Assistência Técnica e Gerencial do SENAR

O SENAR promove o 2º Fórum de ATeG com a participação de coordenadores e supervisores de ATeG das Administrações Regionais
Por:
214 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) promove, nesta segunda (21) e terça-feira (22), o 2º Fórum de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) com a participação de coordenadores e supervisores de ATeG das Administrações Regionais. Esse novo debate será uma troca de ideias sobre as ações para o próximo ano, focando em como a metodologia pode assistir o produtor rural para que use a tecnologia a seu favor e proteja o meio ambiente nesse momento de preocupação mundial com a questão climática.

“O SENAR está se organizando em nível nacional para intensificar e expandir as ações de Assistência Técnica em 2017. Será um realinhamento para destacarmos o papel de cada um: tanto das Regionais quanto do SENAR Brasil. Nós como guardiões da metodologia de ATeG, daremos oportunidade para as Regionais trazerem o que está acontecendo na ponta para discutirmos e melhorarmos o que for necessário. Não será um encontro expositivo e sim participativo. Todos os estados terão a oportunidade de tirar dúvidas, fazer sugestões, elogios ou críticas”, explica o coordenador de Assistência Técnica e Gerencial do SENAR Brasil, Matheus Ferreira.

O evento terá duas palestras técnicas, uma no primeiro dia, com o pesquisador da Embrapa Informática Agropecuária, Eduardo Delgado Assad, sobre agropecuária resiliente, eficiente e multifuncional, o papel da pesquisa e da extensão rural, e outra no segundo dia, com o pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), José Mário Lobo, sobre a metodologia Indicadores de Sustentabilidade em Agrossistemas (ISA), ferramenta utilizada pela Assistência Técnica do SENAR. O ponto alto do fórum será dois painéis com cases das Administrações Regionais, espaço onde poderão expor experiências, dificuldades e também resultados positivos da ATeG nos estados. Também durante a programação, o coordenador de ATeG do SENAR Brasil apresentará aos participantes o projeto Resilient Farmer, que é uma proposta de atuação do SENAR sobre a ótica da resiliência climática.

“Esse encontro é uma ação de continuidade do primeiro fórum realizado em 2015 em Campo Grande (MS). A ideia é nivelar com as Administrações Regionais os conceitos, experiências e resultados da Assistência Técnica em nível de campo. Queremos ouvi-las, principalmente as que já estão implementando o trabalho, para que possam contar um pouco da experiência e das dificuldades que encontraram nessa execução. Por isso, abrimos um espaço de comunicação anterior ao evento, um e-mail, onde podem nos mandar as contribuições para discutirmos nos dois dias do fórum”, ressalta o coordenador de ATeG.

Os resultados do debate serão elencados num documento a ser disponibilizado posteriormente às Administrações Regionais. “Cada painel terá um espaço para dúvidas ao fim das apresentações e no segundo dia a parte da tarde será destinada apenas aos debates. Nesse dia sairemos com a Carta de Brasília. A cada fórum saímos com uma carta, a primeira foi a de Campo Grande. São as considerações e decisões que serão tomadas para a evolução da metodologia da Assistência Técnica e Gerencial do SENAR”, destaca Matheus Ferreira.

De acordo com o coordenador, o fórum é permanente e a previsão é realizar dois encontros no próximo ano. “Caso ocorra alguma adversidade no estado a Regional não deve tomar nenhuma decisão sozinha, tem que trazer para o fórum. Foi assim no primeiro e será agora no segundo. A ideia é que eventuais mudanças e melhorias sejam discutidas com as Regionais nos fóruns e quando aprovadas pela maioria, possam ser implantadas em todos os estados.”

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink