Fraiburgo recebe maior unidade de genética suína da América Latina
CI
Agronegócio

Fraiburgo recebe maior unidade de genética suína da América Latina

Com investimento de R$ 10 milhões, lançamento será nesta terça-feira, dia 21 de maio
Por:
Uma unidade, que vai trazer pela primeira vez ao mercado brasileiro um novo conceito de genética de suínos, será lançada nesta terça-feira, dia 21 de maio, em Fraiburgo. O empreendimento escolheu o Estado de Santa Catarina para sediar a maior Unidade de Disseminação de Genes da América Latina, com capacidade para até 700 machos, o que significa quase 10 vezes mais que a média destas unidades.


Com um investimento inicial de R$ 10 milhões, a central inova com o conceito de genética líquida, uma tendência mundial na produção de carne suína. Para se ter uma ideia, 90% dos reprodutores comercializados hoje no mercado norte-americano são realizados através desta nova tecnologia.

Melhor desempenho do rebanho e bem-estar animal, maior rendimento de carcaça, maior durabilidade das doses de sêmen, menor índice de mortalidade dos animais, menor número de dias para abate com a consequente redução do custo de produção e animais com alto índice genético, além de economia no espaço física das propriedades produtoras de carne suína e otimização de mão de obra são as principais vantagens para os produtores. Para o consumidor final, este lançamento representa uma carne mais magra, com baixo potencial de gordura e um alimento mais seguro, saudável e economicamente viável, explica o Diretor Superintendente da Agroceres PIC, Alexandre Rosa.


“Este lançamento vai permitir um numero maior de produtores brasileiros com acesso aos reprodutores do topo da pirâmide genética, além de aumentar a segurança de todo o sistema produtivo, uma vez que a produção de sêmen sai de dentro da granja e economia de espaço com otimização de mão de obra, cada fez mais escassa neste setor”, avalia o gestor. 

Suinocultura brasileira

Uma atividade responsável pela geração de 605 mil empregos no país, a suinocultura brasileira é a quarta maior produtora e exportadora de carne suína do mundo, com a produção de 3,49 milhões de toneladas e exportação de 581 mil toneladas no ano passado, segundo a Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs).


Santa Catarina é o maior produtor de carne suína do Brasil, responsável por 25,1% da suinocultura, seguido pelo Rio Grande do Sul, com 19,3% e Paraná com 17% da produção brasileira.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.