Frango

Frango abatido: o menor preço real dos últimos 12 anos

Quarto mês do ano será encerrado com a maior diferença negativa de preço em relação ao mesmo período do ano passado
Por:
14 acessos

Mesmo abril não tendo terminado, é absolutamente improvável que as condições de mercado do frango abatido – aí considerados também os preços recebidos pelo setor – sofram alguma modificação, mesmo porque apenas três dias de negócios nos separam de um novo mês. Assim, o quarto mês do ano será encerrado com a maior diferença negativa de preço em relação ao mesmo período do ano passado.

Em 2017 – ano que, era o previsto, seria de recuperação para a avicultura de corte brasileira – os preços registrados no primeiro trimestre ficaram praticamente estáveis, a média mensal girando em torno dos R$3,41/kg. Mas então veio a Operação Carne Fraca. Daí o preço médio em abril/17 ter sofrido queda (ligeira) em relação aos meses anteriores.

Ainda assim, aquele mês registrou desempenho melhor que abril corrente. Pois no pico de preço do mês alcançou-se valor 7% superior ao valor de abertura, além de o mês ter sido encerrado com ganho em relação ao valor inicial do período.

Neste ano, o pico de preço foi apenas 2% superior ao valor de abertura. E o período tende a ser encerrado com remuneração menor que a do início de abril. Mas não só. Porque o valor médio do mês tende a ficar quase um quarto abaixo da média de abril de 2017.

Infelizmente, essa diferença a menos em relação ao ano anterior – e que persiste, já, por 12 meses consecutivos, ou seja, desde maio de 2017 – vem se intensificando à medida que o ano avança. Assim, enquanto os preços médios de janeiro e fevereiro ficaram 12% abaixo dos registrados um ano antes, em março o diferencial subiu para cerca de 18% e em abril corrente já está próximo dos 25%.

Ainda assim vale notar que o índice de recuo registrado no primeiro quadrimestre de 2018 não é muito diferente do observado no mesmo período do ano passado. Ou seja: em 2017, abril foi encerrado com uma remuneração 15% inferior à dos primeiros dias do ano; já 2018, considerados os preços atuais, apresenta redução de 22% - queda mais grave, sem dúvida, mas com apenas 7 pontos percentuais de diferença. 

Isto, porém, não afasta a constatação de que o preço médio do frango abatido em abril de 2018 alcança o menor valor real dos últimos 141 meses (quase 12 anos!). Ou seja: abaixo do valor atual só o de agosto de 2006.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink