Agronegócio

Frango/Cepea: Cotação da carne perde força nesta semana

Em junho, os preços médios do frango inteiro resfriado e do congelado subiram 11,85% e 5,36%, respectivamente.
Por:
197 acessos

Ainda que os preços do animal vivo e da carne tenham se estabilizado e até mesmo caído em algumas regiões nesta última semana de junho, o mercado avícola encerra o mês marcado por altas expressivas em muitas praças acompanhadas pelo Cepea. Em junho, os preços médios do frango inteiro resfriado e do congelado subiram 11,85% e 5,36%, respectivamente.

Nesta semana (entre 23 e 30 de junho), o frango resfriado subiu 4,9%, já o congelado se desvalorizou 1,5%, negociados a R$ 4,06/kg e a R$ 3,93/kg, respectivamente, na quinta-feira, 30. No mercado atacadista da Grande São Paulo, além do típico enfraquecimento da demanda em final de mês, a diminuição no poder de compra de consumidores, devido ao cenário de crise econômica no País, também impacta nas vendas da carne. Já em boa parte do mês, os aumentos estiveram atrelados, especialmente, à diminuição na oferta de animais e ao repasse dos altos custos de produção.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink