Frango inspecionado no 1º semestre: oferta interna igual à de 2015

Agronegócio

Frango inspecionado no 1º semestre: oferta interna igual à de 2015

A carne de frango exportada é 100% inspecionada e constata-se que o total ofertado correspondeu ao mesmo volume do ano passado.
Por:
191 acessos

Deduzindo-se da produção de carne de frango inspecionada (IBGE) a carne de frango exportada (SECEX/MDIC) e cujo volume é 100% inspecionado, constata-se que, embora ligeiramente menor, o total ofertado internamente no primeiro semestre do corrente exercício correspondeu ao mesmo volume de idêntico período de 2015.

Pelo IBGE, a produção inspecionada aumentou 4,29% e ficou próxima dos 6,7 milhões de toneladas. Já os números da SECEX/MDIC apontam exportações de 2,228 milhões de toneladas, 14% a mais que no primeiro semestre do ano passado.

O índice de crescimento significativamente maior nas exportações sugere, naturalmente, decréscimo na oferta interna do produto inspecionado. E, efetivamente, feitas as contas, constata-se redução de 0,01%, o que significa queda de menos de 500 toneladas em relação ao que foi ofertado internamente nos seis primeiros meses de 2015 – 4.470.814 toneladas. 

Descendo ao nível das 10 principais unidades federativas produtoras, observa-se que em metade delas a oferta interna do primeiro semestre de 2016 foi menor que no mesmo período do ano passado.

Em outras palavras, houve aumento no Paraná (+0,91%), São Paulo (+1,92%), Minas Gerais (+5,54%), Bahia (+11,60%) e Distrito Federal (+14,96%). Curiosamente, embora com índices de incremento diferentes, em termos nominais São Paulo e Paraná registraram quase o mesmo volume adicional – 11,8 mil/t e 11,5 mil/t, respectivamente.

A despeito desses aumentos, a oferta dos 10 principais produtores – responsáveis por cerca de 92% da disponibilidade interna total de produto inspecionado – recuou 0,64% neste ano. Já entre os demais produtores houve aumento de oferta de 7,60%.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink