Frango vivo: evolução mensal do custo no Paraná
CI
Agronegócio

Frango vivo: evolução mensal do custo no Paraná

O levantamento mensal da Embrapa Suínos e Aves aponta que em junho passado o custo de produção do frango no estado do Paraná em aviário climatizado (pressão positiva) foi quase 11% superior ao de um ano atrás
Por:
O levantamento mensal da Embrapa Suínos e Aves aponta que em junho passado o custo de produção do frango no estado do Paraná em aviário climatizado (pressão positiva) foi quase 11% superior ao de um ano atrás, mas ligeiramente inferior ao do mês de abril, quando foi registrado recorde histórico em termos de custo de produção.


É praticamente certo, no entanto, que a esta altura aquele recorde já tenha sido superado. Pois o milho, que vinha em uma curva descendente de preços reverteu essa posição, enquanto o farelo de soja – que vinha registrando aumentos desde o início do ano – agora sobe verticalmente de preço.


Porém há quem, após análise dos fatores desses custos, conteste seus resultados e afirme que estão aquém da realidade. E explicam: “Não que estejam errados, mas, aparentemente, enfocam o custo de empresas integradas ou, então, de cooperativas, pois o custo da ração (em junho, 68% do custo total) é inferior ao encontrado no mercado”.





Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink