Frango vivo: fragilidade do mercado ocasiona baixa de preço em São Paulo
CI
Agronegócio

Frango vivo: fragilidade do mercado ocasiona baixa de preço em São Paulo

Preocupação é constatar que faltam 10 dias para completar o mês de maio
Por:
Foi por água abaixo a expectativa dos avicultores paulistas de ver o frango vivo pelo menos manter o mesmo comportamento observado em maio do ano passado.

No dia 21 de maio, no interior de São Paulo, a fragilidade de mercado visível há alguns dias se acentuou e os negócios foram efetivados por R$2,15/kg, valor cinco centavos menor que a cotação prevalente nos 22 dias anteriores.

Um ano atrás o mercado se comportou de maneira diferente. Não que estivesse mais firme: a fragilidade era a mesma e, no mês, o frango vivo registrou o menor valor médio de 2013. 

A única grande diferença é que esse mínimo permaneceu imutável por todo o mês. Aliás, durou bem mais, pois começou em 30 de abril e só foi terminar em 18 de junho, quando começou a reversão que, nos meses seguintes, levaria o frango vivo ao seu melhor preço histórico. 

Embora esteja quase 20% acima da cotação registrada há um ano (o que, sempre é bom ressaltar, não tem o menor significado, porquanto lá o setor se encontrava no “fundo do poço”), a cotação atual também se encontra no pior nível do corrente exercício, apresentando redução de 14,5% sobre o preço inicial de 2014.

Como, à primeira vista, não vem ocorrendo aumento na oferta interna (vide, a propósito, tendências para o primeiro semestre apontadas pelo AviSite) e a carne concorrente, escassa, permanece com preço elevado (em abril PROCON-SP apontou alta anual de mais de 30% na carne bovina de segunda, enquanto o incremento de preço do frango no varejo ficou em apenas 0,82%), soa lógico concluir que o problema está no consumidor, sem dúvida exaurido pela inflação crescente.

O mais preocupante, agora, é constatar que ainda faltam 10 dias para completar este combalido mês de maio. 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink