Fraude no leite rendeu R$ 6 milhões
CI
Agronegócio

Fraude no leite rendeu R$ 6 milhões

Transportadores aumentavam 10% no volume com adulteração
Por: -Leonardo Gottems


Promotor da área de Defesa do Consumidor do Ministério Público, Alcindo Luz Bastos Filho já tem uma estimativa de quanto rendeu o esquema de adulteração do leite no Rio Grande do Sul no último ano: “Pela apuração que fizemos até agora, o lucro com as fraudes superou os R$ 6 milhões. Isso já podemos dizer”.


O cálculo é simples: as transportadoras investigadas aumentavam 10% no volume do leite cru com adição de água e ureia. Para driblar a fiscalização, cerca de um terço do produto movimentado não era fraudado. Os outros dois tanques dos caminhões eram entregues às empresas a R$ 0,95 o litro. A estimativa é de que tenham sido repassados 66 milhões de litros às indústrias.


O promotor Alcindo Luz Bastos Filho anuncia que pedirá o bloqueio de bens dos investigados, com o objetivo de assegurar o ressarcimento de multas e indenizações. Segundo ele, “o valor da multa será repassado ao Fundo Estadual de Defesa do Consumidor”.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.