Frente Agropecuária defende exploração de áreas já consolidadas
CI
Agronegócio

Frente Agropecuária defende exploração de áreas já consolidadas

De acordo com o IBGE, o País tem 47% de sua vegetação nativa preservada
Por:
A Frente Parlamentar Agropecuária apresentou há pouco, no Salão Verde, um vídeo sobre a situação das áreas de preservação permanente no Brasil e em outros países.

De acordo com o presidente da frente, deputado Moreira Mendes (PSD-RO), países financiadores de entidades ambientalistas no Brasil não têm o mesmo nível de preservação ambiental que o Brasil.

Ele afirmou que, de acordo com o IBGE, o País tem 47% de sua vegetação nativa preservada, sendo que 98% dessa área é pública. O deputado afirmou que, diante desse quadro, é importante garantir que o setor produtivo possa continuar produzindo, e as áreas já consolidadas não sejam atingidas, mesmo que façam parte de áreas de preservação permanente (APPs).


Ambientalistas
A liderança do Partido Verde anunciou que vai entrar no Supremo Tribunal Federal (STF) com mandado de segurança contra o ato do presidente da Câmara, Marco Maia, que designou o deputado Paulo Piau (PMDB-MG) como relator do projeto do novo Código.

O partido apresentou questão de ordem afirmando que Piau é autor de um dos projetos inicialmente apensados à proposta de Código, o que o impediria de relatar a mesma matéria. A questão de ordem foi indeferida por Marco Maia.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink