Friboi é o primeiro frigorífico a abrir capital
CI
Agronegócio

Friboi é o primeiro frigorífico a abrir capital

A empresa ofertou 200 milhões de ações ordinárias, no total de R$ 1,6 bilhão
Por:

O grupo JBS-Friboi entrou oficialmente nessa quinta-feira (29-03) no Novo Mercado da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). A empresa ofertou 200 milhões de ações ordinárias - correspondente a 23,5% do capital social da indústria -, no total de R$ 1,6 bilhão. É o maior volume da história da bolsa em IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês)- passando à frente da Brascan (R$ 1,188 bilhão) e da EDF (R$ 1,184 bilhão). O número pode ser 15% maior - pois ainda existe um lote suplementar de 30 milhões de ações. Posteriormente poderão ser colocadas ações no exterior.

O Friboi é o primeiro frigorífico do Brasil a abrir capital. Seus principais concorrentes, Bertin, Independência, Marfrig e Quatro Marcos também estudam entrar na bolsa. Em seu primeiro dia, as ações do Friboi registraram queda de 12,5%, fechando o pregão a R$ 7, com 10.339 negócios. Outras empresas de alimentos de setores afins, como a Sadia e a Perdigão, também tiveram desvalorização de seus papéis. As ações ON da Perdigão encerraram o pregão a R$ 27,60 - queda de 1,32% -, enquanto as da Sadia ficaram em R$ 8 - menos 3,03%.

"A abertura de capital é uma evolução do setor, que até alguns anos era pouco profissionalizado, com pouca transparência", diz José Vicente Ferraz, diretor da AgraFNP. Segundo ele, isso é muito bom para toda a cadeia. Ferraz acredita que a queda foi responsável por uma expectativa do mercado de um faturamento da empresa maior que o registrado no balanço, publicado ontem.

"É mais um passo que a empresa dá", disse o diretor-presidente da Friboi, Joesley Batista, durante a cerimônia de abertura oficial de capital, realizada na Bovespa. Segundo ele, a abertura de capital faz parte da estratégia de expansão da empresa - cerca de 70% do resultado das ações será investido em novos negócios, inclusive a aquisição de outras empresas - e de consolidação da liderança, tanto no Brasil quanto no Mercosul. "Cada dia mais nos colocamos como uma empresa do Mercosul, que quer liderar o negócio no Mercosul", ressaltou. De acordo com o prospecto preliminar divulgado pela empresa, quase todo o investimento está programado para ocorrer em 2007 e 2008. Uma das prioridades do grupo é a expansão de unidades em São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia, que já está em curso.

O ingresso do Friboi eleva para 104 o número de companhias que participam dos segmentos especiais da Bovespa, sendo 53 no Novo Mercado.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink