Frigoríficos que trabalham com contratos a termo estão com escalas alongadas

Agronegócio

Frigoríficos que trabalham com contratos a termo estão com escalas alongadas

O início da semana foi marcado pela lenta movimentação dos frigoríficos, que aguardavam para se posicionar no mercado
Por:
532 acessos

O início da semana foi marcado pela lenta movimentação dos frigoríficos, que aguardavam para se posicionar no mercado. Na maioria das praças pesquisadas pela Scot Consultoria, os preços ficaram estáveis na última segunda-feira (5/12), com mudanças em apenas oito das trinta e duas praças, onde foram observadas quedas.

Ainda é possível notar que frigoríficos que trabalham com contratos estão com escalas alongadas, em alguns casos, fechadas até o fim do ano. Do outro lado, as empresas que não trabalham com compras a termo estão com escalas mais apertadas, com casos em que as programações atendem de dois a três dias úteis. Em São Paulo, a referência ficou estável em R$150,00/@, à vista, segundo levantamento da Scot Consultoria.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink