Frutas da estação previnem doenças
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,650 (0,50%)
| Dólar (compra) R$ 5,55 (0,74%)

Imagem: Marcel Oliveira

SAÚDE

Frutas da estação previnem doenças

No sul do Brasil, os principais frutos da estação consumidos são abacate, banana, maçã, morango e bergamota
Por:
540 acessos

Apesar das temperaturas amenas, no inverno também há uma variedade de frutas cultivadas e colhidas. Especialmente, representa a melhor época para a safra de frutas cítricas. No sul do Brasil, os principais frutos da estação consumidos são abacate, banana, maçã, morango e bergamota. A ingestão desses alimentos é indispensável para saúde e contribui para o bem-estar. Além de benéficas para o organismo, comprá-las em sua devida estação é ecologicamente sustentável e ajuda no bolso, principalmente em atacarejos onde as ofertas aumentam e os preços diminuem.

A nutricionista, Letícia Tizziane, explica que ter uma dieta balanceada é essencial para manter o organismo livre de doenças. “As frutas são grandes aliadas para uma boa qualidade de vida. Muito desses alimentos melhoram o humor e ajudam na absorção de nutrientes importantes para a formação e crescimento dos tecidos, músculos, ossos, pele, vasos sanguíneos e órgãos, além da formação de anticorpos e de alguns hormônios. Recomenda-se o consumo de três a cinco porções de frutas por dia”.

Entre os alimentos ricos em nutrientes está o abacate, que possui vitaminas A, C e E, além de ferro, cálcio e fósforo, fibras solúveis fitoesteróis e lipídios, responsáveis pelo brilho e pela elasticidade da pele e dos cabelos.  “Essa fruta é uma das variedades com maior valor calórico, no entanto, com a presença de gorduras que ajudam a controlar os níveis de colesterol e de glicose no sangue. Também ameniza o estresse, melhora o sono, estimula a circulação sanguínea, aumenta a concentração, regula o metabolismo e previne o envelhecimento precoce”, destaca a nutricionista.

A banana é uma das frutas mais populares, especialmente por sua versatilidade. Entre os principais benefícios da fruta estão a diminuição de cãibras, o bom funcionamento muscular e ósseo. Ela também reduz os sintomas da ressaca, auxilia no controle da pressão arterial e aumenta a saciedade - devido o seu teor de fibras e minerais, como potássio, sódio, magnésio e fósforo - e possui Trypotophan, que melhora o humor e reduz o estresse, além de fonte de vitaminas A, B e C.

Facilmente encontrada nos atacarejos catarinenses, a maçã é um dos destaques do agronegócio do Estado. Santa Catarina é o maior fornecedor da fruta no País e conta com aproximadamente três mil produtores, que devem colher 578 mil toneladas de maçã neste ano. As principais variedades são Gala e Fuji. O fruto tem alto teor de água, é rico em vitamina A, sais minerais, fibras e um poderoso antioxidante: a quercetina. Por isso, atua como um importante agente no combate à asma. Também possui nutrientes que diminuem o colesterol e o risco de doenças cardiovasculares, além de prevenir o câncer, a cárie, o diabetes e ajudar no funcionamento do intestino.

Outra fruta da estação é o morango. Está entre os menos calóricos, é composto por mais de 90% de água, rico em fibras, antocianinas, cálcio, potássio, magnésio, zinco e vitaminas B2 e B6. Ela reduz o colesterol ruim (LDL), eleva o colesterol bom (HDL) e ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares e no controle da pressão arterial. “Os flavonoides presentes no morango contribuem para a diminuição de inflamações e contém vitaminas C e E, betacarotenos e compostos bioativos, que aumentam a a imunidade e auxiliam na absorção de ferro”, aponta Letícia.

Já a bergamota, marcada pelo seu aroma e pelo sabor ácido, auxilia no bom funcionamento do intestino e estimula o sistema imunológico. Também é rica em vitaminas A e C, flavonoides, fibras, antioxidantes e potássio. A fruta atua na prevenção de doenças cardíacas, no controle de diabetes e hipertensão arterial, além de atuar como calmante natural, favorecer a perda de peso e ser uma excelente aliada no combate da gripe e resfriados. “A bergamota reforça as defesas do organismo, combate o envelhecimento precoce das células e é importante para a saúde dos olhos, da pele e do sistema nervoso”, destaca Letícia.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink