Fundação Pró-Sementes completa 10 anos

Agronegócio

Fundação Pró-Sementes completa 10 anos

Em uma década, instituição de apoio à pesquisa apoiou o lançamento de 46 cultivares de seis culturas diferentes e dispõe de uma rede experimental com 22 pontos de teste que cobrem os estados do RS, SC, PR, SP e MS
Por: -Janice
498 acessos
Criada em 23 de agosto de 1999, por 39 produtores de sementes do Rio Grande do Sul e pela Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul (Apassul), a Fundação Pró-Sementes surgiu para servir de ponte entre o melhoramento genético vegetal e os produtores de sementes.

Passados dez anos de sua criação, a entidade conta com 53 membros participantes, entre produtores e outras organizações. Da parceria com instituições de melhoramento genético, foram lançadas 46 cultivares que participam do zoneamento agrícola do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul.



Um dos destaques da instituição é o Programa de Certificação. A Fundação Pró-Sementes foi a primeira organização privada a ser credenciada no processo de certificação de sementes, garantindo ao produtor mais qualidade no produto e credibilidade no mercado. Atualmente ela está cadastrada para atuar em todo território nacional, presente nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Bahia, certificando mais de vinte produtos entre os quais soja, trigo, algodão, aveia, batata, cebola,feijão e triticale. Em dez anos, 384 produtores tiveram sementes certificadas pela Fundação.




Atualmente a Fundação Pró-Sementes conduz seus ensaios de pesquisa em 22 municípios em cinco estados brasileiros. Desde a safra 2007/08, a entidade vem realizando ensaios com as cultivares de soja e trigo registradas no MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), indicadas para o Rio Grande do Sul. São 66 variedades de soja, 40 RR e 26 convencionais, e 44 cultivares de trigo, 20 de ciclo precoce e 24 de ciclo médio. O trabalho é desenvolvido em parceria com o Sistema Farsul e surgiu da necessidade de produtores e assistência técnica demandarem informações confiáveis sobre o desempenho das cultivares. Os resultados desse trabalho podem servir de informação complementar na tomada de decisão sobre que cultivares recomendar ou utilizar. Os resultados de trigo safra 2007/08 e de soja safra 2008/09 já estão disponíveis no www.fundacaoprosementes.com.br.




Para o presidente da Fundação Pró-Sementes, Luiz Osório Dumoncel o principal legado da instituição é a determinação e visão de futuro dos instituidores. “Todos os produtores de semente, empresas rurais e cooperativas que fazem parte da Fundação Pró-Sementes somam as diferentes opiniões para conseguirmos tirar o melhor para o desenvolvimento do setor produtivo”, afirma. As informações são da assessoria de imprensa da Fundação Pró-Sementes.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink