Fundadores da Associação dos Engenheiros Agrônomos de Rondonópolis são homenageados pelo Crea MT

Agronegócio

Fundadores da Associação dos Engenheiros Agrônomos de Rondonópolis são homenageados pelo Crea MT

As homenagens foram entregues na cerimônia de encerramento do 9º Congresso Estadual de Profissionais (9ºCNP), em Cuiabá.
Por:
753 acessos

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea MT) prestou homenagem aos engenheiros agrônomos Valter José Peters e Ulivar Favretto ‘in memoriam’ ambos  fundadores da Associação dos Engenheiros Agrônomos da Grande Rondonópolis (Aeagro). As homenagens foram entregues na cerimônia de encerramento do 9º Congresso Estadual de Profissionais (9ºCNP), em Cuiabá.
 
Ao todo 23 pessoas foram homenageadas, todos reconhecidos pelos serviços prestados ao desenvolvimento tecnológico do Estado de Mato Grosso e pela participação na defesa dos profissionais registrados no Sistema Confea/Crea e Mútua.
 
A Medalha do Mérito foi entregue a Valter José Peters, natural de Formigueiro (RS), formado em agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (RS), em dezembro de 1973. Peters foi gerente do Serviço de Produção de Sementes Básicas da Embrapa em Rondonópolis, desde 1981. Atualmente é gerente do Escritório de Negócios de Rondonópolis, da Embrapa Produtos e Mercado. Participou da criação da Aeagro em 1985 e presidente no biênio 1991/1992. Também foi presidente da Comissão Estadual de Sementes e Mudas de Mato Grosso (CESM-MT) de 1988 a 1994 e de 1998 a 2002. Participou da criação e fez parte da primeira diretoria da Fundação Mato Grosso.
 
A inscrição no Livro do Mérito foi concedida ao engenheiro agrônomo, Ulivar Favetto. Natural de Pato Branco (PR), formado em agronomia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba. Durante a vida acadêmica atuou ativamente dos movimentos estudantis. Chegou a Mato Grosso em 1982, e atuou como produtor rural no município de Rondonópolis. Sempre acreditando na organização social e de classe principalmente da área agrícola foi fundador e conselheiro da Aeagro. Em 1990 juntamente com um grupo de empresários e produtores rurais criou Sulcredi, hoje Sicredi. Presidiu a Cooperativa Mista do Cerrado (Coopacel). Tornou-se Presidente da Empresa Mato-grossense de Pesquisa Agropecuária (Empa).
 
Era filiado ao Sindicato Rural de Rondonópolis e foi diretor e presidente da Comissão de Agricultura participando de debates referentes a novas tecnologias para o campo, qualificação de mão de obra e lançamento de maquinários e negócios. Devido sua atuação política representando a categoria foi indicado ao cargo de segundo secretário da Federação de Agricultura do Estado de Mato Grosso (Famato). Faleceu aos 52 anos de idade em 2004. A homenagem foi entregue para sua esposa Ivone de Oliveira Guimarães Favretto.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink