Fundo Emergencial de Saúde Animal de MT vai doar 500 mil euros à OIE

Agronegócio

Fundo Emergencial de Saúde Animal de MT vai doar 500 mil euros à OIE

Recurso é destinado a ações estratégicas globais de erradicação de enfermidades
Por:
298 acessos

O Fundo Emergencial de Saúde Animal (Fesa) do Estado de Mato Grosso vai enviar 500 mil euros (cerca de R$ 1,805 milhão) para o Fundo Mundial da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). A decisão foi comunicada pelo presidente do Fesa/MT, Rui Carlos Ottoni Prado, ao secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki.

A medida foi aprovada por unanimidade pelo conselho deliberativo do Fesa/MT na última sexta-feira (23). O diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa, Guilherme Marques, participou da reunião por viodeoconferência. Segundo ele, o recurso para a OIE é destinado a ações estratégicas globais de erradicação de enfermidades e bem-estar animal.

O recurso representa a metade da contribuição de 1 milhão de euros – o equivalente a R$ 3,620 milhões pelo câmbio atual – que o Brasil enviará à OIE. Com isso, o país deixará a condição de observador e passará a ter assento, com direito a voz e voto, no corpo diretivo do Fundo Mundial da OIE.

No ofício encaminhado a Novacki, o presidente do Fesa ressalta que a decisão também reflete a grande importância da participação do Mapa nas deliberações referentes à sanidade e ao bem-estar animal da OIE. Além dos conselheiros do Fessa, representantes de outras entidades do setor produtivo de MT participaram da reunião.
   

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink