Fundos realizam lucros e cotações caem

Agronegócio

Fundos realizam lucros e cotações caem

Em um dia de forte realização de lucro por parte dos fundos, as cotações de todas as commodities agrícolas despencaram nas bolsas internacionais
Por:
48 acessos

Em um dia de forte realização de lucro por parte dos fundos, as cotações de todas as commodities agrícolas despencaram nas bolsas internacionais. A maior queda ocorreu no milho, com desvalorização de 5,43% para o contrato de dezembro, avaliado em US$ 3,65 o bushel na Bolsa de Chicago (CBOT). Quando avaliados em pontos, a soja liderou a mudança: redução 47,5. O contrato para janeiro fechou a US$ 9,62 o bushel, desvalorização de 4,7%. Movimento semelhante ocorreu em 16 de julho, quando a cotação da soja na bolsa americana despencou 50 pontos para US$ 8,81 o bushel.

"O movimento foi puramente de realização de lucros porque os fundamentos para soja, milho e trigo continuam os mesmos", diz Anderson Galvão, diretor da Consultoria Céleres. Somente na carteira de soja, a liquidação foi de 10 mil contratos, segundo Gonçalo Terracini, analista de gerenciamento de risco da FCStone. No milho, a liquidação foi de 16 mil contratos. "A condição dos fundos era muito sobrecomprada. Eles liquidaram posição porque outras commodities também estavam em baixa", afirma Terracini. Segundo ele, o único fator que poderia dar suporte no Brasil é a falta de chuvas para iniciar o plantio.

No trigo, a desvalorização foi de 3,13%, com o contrato de março a US$ 9,30 o bushel. O dia foi de cotações mais baixas também na Bolsa de Nova York (Nybot). Os papéis do cacau encerraram o pregão a US$ 1.910 a tonelada, ou 3,17% a menos que o fechamento do dia anterior. Na mesma bolsa, os futuros de algodão tiveram redução de 2,88%. O contrato para dezembro fechou a 63,24 centavos de dólar por libra-peso.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink