Fungos atacam tangerinas na Argentina
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PROBLEMA DAS CHUVAS

Fungos atacam tangerinas na Argentina

Os lotes que mais sofrem com essa doença são aqueles em que há plantas com copas mais fechadas
Por: -Leonardo Gottems

Um fungo que afeta a região cítrica do nordeste da Argentina constitui uma ameaça quando ocorrem as variáveis meteorológicas adequadas para seu desenvolvimento. Especialistas do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA Chajarí) de Entre Ríos orientam sua identificação, monitoramento e controle.

Temperaturas médias diárias entre 20 ºC e 28 ºC, chuvas abundantes e frequentes e dias sucessivos com orvalho, são as três condições meteorológicas que favorecem o aparecimento e propagação da alternaria ou mancha castanha das tangerinas. Condição causada pelo fungo  Alternaria alternata  pv citri.

"Alternaria é um fungo de difícil controle, que requer monitoramento intensivo e aplicações sucessivas de fungicidas como método preventivo-curativo na presença de novos focos", explicou Juan Manuel Roncaglia, pesquisador do INTA Chajarí -Entre Ríos-.

Na região cítrica estão ocorrendo as condições ideais para infecções em brotos e frutos em desenvolvimento. Além disso, a partir de janeiro, a Estação Agrometeorológica INTA Concórdia – Entre Ríos – registrou chuvas abundantes, após meses de secas generalizadas com pouca queda d'água, situação que favorece outros riscos, como o rachamento de frutas.

“Os lotes que mais sofrem com essa doença são aqueles em que há plantas com copas mais fechadas e com pouca aeração, onde há muita movimentação de silos, colhedoras, ferramentas e fazendas vizinhas que são as principais vias de disseminação, " disse Roncaglia e acrescentou: "Afeta principalmente as tangerinas das variedades Murcott e Nova."

A Alternaria apresenta uma variedade de sintomas, vários deles muito semelhantes a outras doenças como a mancha preta, o cancro e a sarna. Uma das mais características é uma mancha marrom redonda na casca do fruto que, com o tempo, fica mais clara e forma uma crosta que pode cair e deixar uma cicatriz.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.