Futuros da soja se recuperam em Chicago
CI
Imagem: Nadia Borges
PREÇOS

Futuros da soja se recuperam em Chicago

A realização de lucros de terça-feira foi evidente nos mercados CBOT
Por: -Leonardo Gottems

Os futuros da soja CBOT registraram ganhos nesta quarta-feira, compensando parte da queda de preço impulsionada pela realização de lucros na terça-feira, uma vez que os fundamentos continuaram a sugerir um mercado apertado, enquanto os investidores continuaram em suas tentativas de fechar posições vendidas em maio, o que forneceu suporte extra para contratos próximos. As informações foram divulgadas pela TF Agroeconômica. 

“A  mudança  do  dia  a  dia  nos  futuros  da  soja  foi  na proporção  inversa  à  data  do  contrato  subjacente, tornando  a  curva  futura  mais  íngreme  visto  que  os contratos  de  maio  subiram  18  c/bu e  julho  em  4  c/bu enquanto os contratos de setembro e novembro caíram 13 e 16 c/bu, respectivamente. Os  contratos  de  soja  para  julho  estavam  sendo negociados a US$ 15,26/t no fechamento de Chicago, 4 c/bu mais alto no dia”, comenta a consultoria. 

A realização de lucros de terça-feira foi evidente nos mercados CBOT na madrugada de quarta-feira, mas os futuros da soja logo se recuperaram, uma vez que a forte demanda e as preocupações com a oferta voltaram como as principais forças motrizes do mercado. “Os  preços  futuros  oscilaram  para  cima  e  para  baixo  durante  o  dia,  com  a  realização  de  lucros  e  a  demanda  dos investidores competindo como as principais influências. Embora o clima nos EUA deva melhorar nos próximos dias, a demanda permanecerá forte e as preocupações com a oferta global de grãos, que continuaram sustentando os preços”, completa. 

“O  petróleo  bruto  subiu  no  dia,  apesar  das  preocupações  com  a  demanda  impulsionadas  pelo  agravamento  dos impactos da pandemia na Índia e pelo anúncio da OPEP de que aumentará progressivamente a oferta de petróleo, o que contribuiu para um impulso de alta nos preços da soja”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink