Futuros fecham em baixa em Chicago

SOJA

Futuros fecham em baixa em Chicago

“Sinais de demanda pelo grão dos EUA impediram uma queda mais acentuada"
Por: -Leonardo Gottems
174 acessos

Os futuros de soja negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) fecharam em leve baixa nesta sexta-feira, em sessão mais curta após o feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos. De acordo com o especialista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica, a frustração sobre um possível acordo entre os Estados Unidos e a China colaborou para o panorama desta situação. 

“De acordo com reportagem do Wall Street Journal, os EUA estão tentando convencer países aliados - como Alemanha, Japão e Itália - a deixar de usar equipamentos de telecomunicação da gigante de tecnologia chinesa Huawei, devido a possíveis riscos à segurança cibernética”, informa. 

Para alguns analistas norte-americanos, isso é apenas uma estratégia de negociação dos EUA antes de um esperado encontro entre o presidente Donald Trump e seu colega chinês, Xi Jinping, durante a cúpula do G-20, no fim da próxima semana em Buenos Aires. Com isso, o vencimento de janeiro cedeu 2,00 cents (0,23%) e fechou em US$ 8,81 por bushel. 

“Sinais de demanda pelo grão dos EUA impediram uma queda mais acentuada das cotações. O Departamento de Agricultura do país (USDA) divulgou que exportadores relataram vendas de 120 mil toneladas de soja para destinos não revelados, com entrega prevista para o ano comercial 2018/19”, comenta. 

Dados semanais de vendas externas, divulgados separadamente, vieram dentro da expectativa do mercado. Segundo o USDA, exportadores venderam um total de 684.400 toneladas de soja na semana encerrada em 15 de novembro. Analistas consultados pela Dow Jones Newswires esperavam vendas entre 500 mil e 950 mil toneladas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink