Geada acaba com 25% do trigo
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,112 (0,05%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)

Imagem: Arquivo

PERDAS

Geada acaba com 25% do trigo

Perdas ainda estão em fase de avaliação pela Emater/RS
Por: -Eliza Maliszewski
3118 acessos

A boa perspectiva de safra para o trigo no Rio Grande do Sul parece ter barrado na geada da última semana. As lavouras semeadas há mais tempo podem ter perdas de até 25% no Estado. A safra foi plantada mais cedo justamente para tentar diminuir os prejuízos causados na soja e no milho na safra de verão.

Com a intensidade da geada o Noroeste gaúcho é o mais afetado. Nas áreas onde o cereal estava em floração as perdas podem ser irreversíveis. A Emater faz o levantamento das perdas e já se espera que 25% esteja perdido. Em Ijuí o prejuízo pode ser ainda maior, chegando aos 80% em áreas de emissão de espiga. Onde houve queima das folhas há possibilidade de rebrota. Em outras áreas do Noroeste a perda pode ser total.

Segundo o diretor técnico da Emater/RS, Alencar Rugeri, é preciso avaliar as perdas com calma e os resultados totais serão divulgados no próximos dias conforme o comportamento da cultura pós-geada.  “Em áreas onde o trigo está em fase vegetativa os prejuízos não são observados, depende do estágio da cultura. Temos que levantar a questão de preocupação com o zoneamento para evitar essas perdas difíceis”, avalia.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink