Geada

Geadas congelam lavouras de soja

Prestes a encerrar a colheita da oleaginosa, Estados Unidos têm lavouras congeladas em algumas regiões
Por:
119 acessos

Os Estados Unidos estão prestes a encerrar a colheita de soja da temporada 2017/18. De acordo com o USDA, o departamento norte-americano de agricultura, até o momento os trabalhos já se encerraram em 93% dos 36,21 milhões de hectares dedicados à oleaginosa.

O índice está ligeiramente abaixo da média histórica, que é de 95% para esta época do ano, mas é preciso ponderar que, com uma extensão 8,18% maior do que na safra passada, o ritmo pode ser considerado bastante satisfatório.

Com as produtividades praticamente definidas para a oleaginosa – segundo o USDA, o rendimento deve ser de 3.330 kg (queda de 4,6% na comparação com o ciclo 2016/17, quando o clima foi praticamente perfeito) -, o que chama a atenção é a neve que caiu sobre alguns estados mais ao norte do país de forma antecipada (já no início de novembro) e também geadas observadas no Corn Belt, o cinturão produtivo dos EUA.

Os campos de soja que ainda restam estão congelados nestas regiões. É possível que a produtividade, nestes casos específicos, tenha uma queda ainda maior, mas, como a maior parte das lavouras já foi colhida, isso não deve interferir no quadro total.

Os EUA devem colher 120,44 milhões de toneladas ao final do ciclo 2017/18, um aumento de 3,01% sustentado pela área maior.

No caso do milho, a situação é diferente. A chuva durante o pico da colheita atrasou os trabalhos de campo. Atualmente, eles foram encerrados em 83% das plantações, isto é, 8% abaixo da média histórica. O percentual de atraso, contudo, vem caindo ao longo das últimas semanas, sendo que nem a chuva, nem a neve foram capazes de prejudicar os rendimentos do cereal, surpreendentemente estimados pelo USDA em 11.010 kg/ha, acima, portanto, da campanha anterior.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink