GO: Conab estima crescimento de 17,5% na produção de sorgo
CI
Imagem: Marcel Oliveira
AGRICULTURA

GO: Conab estima crescimento de 17,5% na produção de sorgo

Com esse resultado, o Estado se mantém na primeira posição no ranking brasileiro da cultura

Com estimativa de produzir 1,29 milhão de toneladas para safra 2020/2021, o Estado de Goiás se mantém na primeira colocação no ranking de produção de sorgo no País – isso representa 49,7% da produção nacional. A expectativa é de aumento de 17,5% na produção, em comparação com a safra 2019/2020. Esse incremento será puxado pelo ganho de produtividade esperado – que também registra estimativa de crescimento também de 17,5%, em relação à safra passada, que passou agora a 3.443 quilos por hectare. É o que aponta o 1º Levantamento de Grãos divulgado nesta quinta-feira (08/10), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Os dados foram analisados pela Gerência de Inteligência de Mercado da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

O levantamento da Conab estima crescimento de 0,6% para produção de girassol no estado: 33,1 mil toneladas, o que representa 42,1% do total nacional. A produtividade média passou para 1.689 quilos por hectare, aumento de 0,5% em relação à safra passada. Atualmente, Goiás é o segundo maior produtor de girassol do Brasil, atrás apenas do Mato Grosso.

Já para o milho safrinha, a estimativa da Conab é de crescimento de 0,7%, em relação à safra 2019/2020, com 10,47 milhões de toneladas – participação de 13,6% da produção nacional. Com isso, Goiás se mantém na terceira colocação entre os estados, atrás apenas do Mato Grosso e Paraná. Em relação à produtividade média, a estimativa é de incremento de 0,7%, com 6.411 quilos por hectare.

Segundo o titular da Seapa, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, apesar de estarmos bem no início da safra, a perspectiva é de alcançar bons resultados na produção de grãos no Estado. “Iniciamos, oficialmente, a atual safra no evento de abertura do plantio da soja em Goiás, na semana passada, em Cristalina, com a presença do nosso governador, Ronaldo Caiado. Encerramos a anterior como terceiro maior produtor de grãos do Brasil e vamos trabalhar, seja por meio de políticas públicas e outras ações, para fortalecer esse setor que tem garantido a retomada econômica em Goiás e no Brasil”, informa.

Procedimento

Os métodos utilizados pela Conab no processo de levantamento da safra de grãos envolvem a pesquisa e o contato direto com diversos informantes cadastrados, em todo o país, a utilização de acompanhamento agrometeorológico e espectral (mapas e condição de vegetação), o conhecimento das informações de pacotes tecnológicos adotados pelos produtores, o acompanhamento sistemático da meteorologia e o uso de métodos estatísticos para consolidação das informações disponibilizadas ao público-alvo.

LSPA

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também divulgou nesta quinta-feira o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA). De acordo com os dados, para Goiás em 2020, a produção está estimada em 76,85 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, crescimento de 1,6% em relação à safra anterior. Para produtividade média também se estima crescimento de 2,5% e a produção goiana representa 11,1% da produção nacional.

Na safra de trigo, o levantamento revelou produção estimada de 86,6 mil toneladas no Estado, crescimento de 10,1% em comparação ao ano de 2019. Na cultura da uva, estima-se produção em 2020 de 1.691 toneladas, aumento de 2,1% ante a safra anterior.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink