GO: pecuarista assistido pela Emater adota bovinocultura sustentável para otimizar criação de gado
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PECUÁRIA

GO: pecuarista assistido pela Emater adota bovinocultura sustentável para otimizar criação de gado

Propriedade observa o crescimento no número de animais após adotar bovinocultura sustentável
Por:

Localizada no município de Goiás, a Fazenda Redentor tem adotado o projeto de bovinocultura sustentável, desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), e visto a produtividade dar um salto. Com mais de 530 hectares, sendo 380 hectares de pastagem, a propriedade, que contava com 341 cabeças de gado em 2019, quando o projeto foi implantado, tem hoje um plantel de 759 animais.

“O trabalho é baseado na bovinocultura na parte de pastagem, mineralização e uso de proteinato, preservação e recuperação de nascente, e também na parte econômica, que é a gestão da propriedade. Então é um trabalho bem complexo, que envolve administração, gestão, parte animal e parte ambiental e social”, explica o zootecnista da Emater, Fernando Coelho.

Vanderlei Junior Redentor, pecuarista e um dos proprietários da fazenda, conta que buscou o apoio da Agência Goiana em 2018, quando o pai faleceu. “Nós tivemos que assumir a fazenda e como a gente não tinha experiência, recorremos à Emater para ver se poderiam nos ajudar. O gado entrava até baixar muito cada pasto, para depois poder passar para os outros. Com a Emater, a gente conseguiu limpar alguns pastos com herbicida e dividi-los em piquetes. Hoje a produção está muito boa”.

Atualmente, a Fazenda Redentor recebe pelo menos uma visita mensal dos técnicos da Emater, mas o objetivo do projeto é que, após quatro anos de execução, o produtor consiga trabalhar sem acompanhamento.

Projeto Bovinocultura Sustentável

O projeto de bovinocultura sustentável nasceu em 2006, implantado pelo zootecnista Fernando Coelho, com objetivo de dar assistência aos produtores rurais goianos para o aumento da produção pecuarista.

Realizando assistência técnica e extensão rural, o trabalho recorre à tecnologia de pastejo rotacionado aliada à fertirrigação, otimizando assim o desempenho da produção de acordo com as particularidades de cada propriedade.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.