GO: produtores recebem Selo Arte
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)

Imagem: Divulgação

ARTESANAL

GO: produtores recebem Selo Arte

O estado é o primeiro do Centro-Oeste a conceder o selo de qualidade
Por:
44 acessos

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, participaram no último sábado (3), no Sindicato Rural de Alexânia, da entrega do Selo Arte a produtores de queijo artesanal. Goiás é o primeiro estado do Centro-Oeste a conceder o selo.

O selo foi entregue aos produtores de queijarias artesanais da Fazenda Coqueiral (Corumbá de Goiás), Santa Fé da Lagoinha (Santo Antônio do Descoberto) e Queijaria Lima (Alexânia).

O Selo Arte permite a venda dos alimentos, como lácteos e cárneos, produzidos de forma artesanal em diversos estados, abrindo oportunidade para o produtor incrementar sua renda. É também uma garantia de que o produto foi fabricado conforme características e métodos tradicionais ou regionais próprios, além de seguir as boas práticas agropecuárias e de fabricação. O produto artesanal é submetido à fiscalização de órgãos de saúde pública dos estados e do Distrito Federal. 

O Ministério da Agricultura estabeleceu os critérios para a comercialização interestadual dos produtos com base no cumprimento das exigências sanitárias e dos requisitos de excelência de produção artesanal, que evidenciam o vínculo cultural e territorial. Os estados e o Distrito Federal são responsáveis pela concessão do Selo Arte e pela fiscalização dos produtos, cabendo ao Ministério da Agricultura coordenar a implementação da política e realizar a gestão do sistema de concessão e controle do Selo. Cada selo tem um número de rastreabilidade para identificação do produtor, data e local de fabricação do produto. Antes do Selo Arte, esses produtos artesanais de qualidade não podiam ser comercializados além de seus Estados de origem, o que trazia prejuízos para produtores e consumidores.

Em Goiás, a concessão é feita pela Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa). Além das três queijarias contempladas, mais sete estabelecimentos já estão com projetos aprovados.

A ministra parabenizou os produtores que receberam o selo. “Hoje vocês vão representar uma serie enorme de produtores do estado de Goiás. Que essa rota do turismo rural possa implementar essa gastronomia tão gostosa de Goiás e de outros estados do país".

O produtor rural Rafael da Silva Lima, da queijaria Lima, disse que a assistência técnica fez com que ele pudesse aumentar a sua produção, com a ajuda dos filhos “Hoje é o dia da nossa vitória”, disse.

Outros cinco estados já concederam o Selo Arte: Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Pará e Espírito Santo.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink