Governador do Rio Grande do Sul monitora quadro da seca

Agronegócio

Governador do Rio Grande do Sul monitora quadro da seca

Por:
1 acessos

O governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, monitorou nesta quinta-feira (20-01), de forma detalhada, o quadro da estiagem no Rio Grande do Sul, durante reunião de trabalho na Secretaria da Agricultura e Abastecimento. No encontro com o secretário Odacir Klein e diretores de departamentos e programas da Secretaria, o mapeamento da seca no Estado apontou uma situação de normalidade, sem prejuízos, nas lavouras de arroz e soja.

Mas no milho há uma quebra irrecuperável de 29% no milho e no feijão, 21%. Rigotto sobrevoará nesta sexta-feira (21-01) municípios castigados pela seca na Região Noroeste Colonial e deverá visitar propriedade de pequenos agricultores em Augusto Pestana ou Novo Barreiro.

Segundo o governador, os prejuízos deste ano poderão ser menores em relação aos do ano passado. Os levantamentos ainda não estão concluídos e os números são preliminares, porém houve aumento da cobertura da atual lavoura de milho com seguro. Citando dados da Emater - órgão da Secretaria da Agricultura -, o governador destacou que o número de segurados deverá superar os 20.122 pequenos agricultores que contrataram seguro na safra 2003/2004. O importante nesses contratos é a parceria do Estado, através de subsídios, para o pequeno produtor agrícola.

Protegidos:

Conforme Rigotto, do valor do seguro contratado pelo agricultor, 92,4% são pagos pelo Governo do Estado. "Estes pequenos agricultores estão protegidos", afirmou, e "para o feijão e o milho há o seguro federal Proagro Mais". Além do subsídio ao seguro, ele disse que a ação do governo também envolve a perfuração de poços e os levantamentos feitos pela Emater para o Ministério do Desenvolvimento Agrário. Na abertura de poços, a Secretaria está operando 12 perfuratrizes em diversas localidades onde a falta de água é grave. Há ainda mais cinco máquinas da Secretaria de Obras Públicas e Saneamento executando o mesmo trabalho no interior.

Quanto aos levantamentos da Emater, o presidente Caio Rocha informou que, dentro de 10 dias, serão concluídas as vistorias em 2.114 propriedades. A pesquisa foi encomendada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário. Para a liberação do seguro de safras federal - Proagro Mais -, a Emater já recebeu 1.080 solicitações.

O governador aproveitou o encontro para ressaltar que desde a ocorrência de granizo na lavoura de arroz, no ano passado, o governo vem agindo. Ele espera que, nos próximos dias, se confirmem as previsões da meteorologia de ocorrência de chuvas. "Isso poderá evitar o agravamento dos prejuízos", afirmou.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink